Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"A chegada da Luna"

[ Europe/Lisbon ] 2004/09/16 08:40 " Luna"

19 de Janeiro de 2004, o dia seguinte á partida da minha Yukie, depois de uma noite em branco, o acordar de manhã e ver a casa vazia reforçou a minha decisão: tinha que ir buscar outra gatinha o mais rapido possivel, e de preferencia outra siamesa, para ajudar a curar a dor causada pela doença e adormecimento da nossa primeira gatinha.
Logo de manhã começei a procurar tudo o que era anuncio, em sites, em jornais, casas de animais...até que deparei com um que me chamou a atenção: gatinha siamesa 3 meses meiga: dono não a pode manter.
Era um contacto da Catus que me forneceu o do dono, que embora lhe custasse muito , devido a um problema familiar não podia ficar com a gatinha.
Às 19h fui encontrar-me com a gatinha e respectivo dono: quando a vi foi como se levasse com um balde de agua fria: era listada, e de siamês só tinha os olhos.....e já tinha mais de 3 meses, mas assim que lhe peguei ao colo e a sentir enroscar ronronando muito, embora estivesse contraida de tão assustada estava....já não consegui dizer que não. Afinal era uma gatinha que precisava de um lar, de miminhos e carinho.....e eu tinha tanto para dar ....
Levei-a comigo....o meu marido também ficou um pouco desiludido, mas como tinhamos decidid desta vez ter 2 gatinhas juntas....havia tempo para encontrar uma gatinha siamesa bebé.
A Luna na primeira semana andava sempre apavorada, estranha e sempre a esconder-se. Mas com calma começou a aceitar os meus miminhos ...
Foi logo ao vet , desparasitada e vacinada, e fez as análises ao Fiv e Felv: negativos.
E assim andou sozinha até ao dia 19.03.04 em que lhe foi oferecida para brincar a Fiona, uma "ogre" , siamesa com 2,5 meses que adorava chateá-la e mordê-la.
Nos primeiros dias eram as assopradelas da Luna e rosnadelas da Fiona, ao 5º dia cheguei do emprego e encontrei-as a dormir juntas.
Identificada pela vet como arraçada de Siamesa, a Luna fez logo juz a este facto : de 2 em 2 semanas tinha os cios mais sonoros que eu ouvi....assim a 9.06.04 foi esterilizada....
Foi a melhor coisa que lhe podia ter feito, prevenindo problemas futuros ( causadores da morte da Yukie) e a bichana tornou-se numa gata muito mais calma e mais confiante. Agora é vê-la a pedir festas, a rebolar-se no chão a mostrar as manchinhas da barriga, a adorar ser escovada, a deliciar-se com a pasta de malte....
Em conclusão, ter decidido ficar com esta gatinha foi das coisas
mais acertadas que fiz na vida: ajudou-me a superar a perda da minha inesquecivel amiga e dei um lar a uma lindona que se calhar agora andava por aí na rua.....
Deixo aqui o meu conselho: quando se perde um amigo felino a melhor opção é ir de imediato buscar outro, claro que no inicio há aquele sentimento de traição ...mas com o tempo tenho a certeza que a minha Yukie onde estiver está contente com a atitude da dona.

... Comentários ( 0 ) ...

Autor:
Fiona (Margarida Tomas )

Visitas: 1830

Mais Diários deste autor:
  • Fiona
  • TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus