Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Ísis na casa nova"

[ Europe/Lisbon ] 2005/09/19 08:25 "Festas na barriga"

Querido diário,

Vim só aqui rapidamente porque a mamã tem de ir embora (e deixar-nos sozinhas durante a semana... :( ) - e eu não sei ligar o computador sozinha - , para te mostrar uma foto que ela tirou a fazer-me festas na barriga. Pois é, rendi-me aos prazeres das festas na barriga, vê lá tu! Ontem as tias Inês e Cláudia vieram cá e disseram ambas que nem me reconheciam... É que agora sempre, ou quase sempre, que vêm cá tias de fora, nós recebemos miminhos saborosos. Por isso quando vem alguém de fora eu ando sempre a rondar a ver se me calha algum... Só não percebi uma coisa: elas chamaram-me aspirador! Mas eu não faço aquele barulho todo, pois não?

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2005/08/12 20:34 "Olá desde há muito tempo!!!"

Querido diário,

Já não escrevo há muuuito tempo, não é? Pois, eu sei, mas a vida cá por casa tem andado complicada. Primeiro era o papá sempre a entrar e a sair, depois era (e é) um entra e sai de gatos, que nem te conto!!! Houve aí uma altura em que a mamã passava a vida a trazer gatos cá para casa, e depois levava-os embora outra vez. Tudo começou com uma sirigaita que ainda por aí anda! Uma tinhosa (com pedido de perdão aos verdadeiros tinhosos, que disso não têm culpa, nomeadamente o Igas, a quem mando um grande renhau de saudades!!!).

Bom, dizia eu que essa tinhosa ainda aí anda, mas a mamã já nos disse que ela em princípio não vai ficar muito tempo mais... acho bem! Primeiro usurpou-nos o escritório, agora a sala! Hmmpf!
Agora no escritório está um convencido, que já nos disse pela frincha da porta que é nobre... tem sangue siamês!!!! Pfff... grande coisa, até parece! Eu e a Blimunda já lhe dissemos das boas, mas acho que o gajo não percebe, é sempre “mrr” pràqui, “renhau” pràli, e a parva da mamã sempre a fazer-lhe festas!!! Mas esse acho que é por pouco tempo, é duma amiga dela que vai de férias quinze dias para a Alemanha...e o gajo veio fazer férias para aqui!!! Pois espero que a mamã dele volte rápido, não gosto do gajo, não gosto, não gosto!!!

De há uns tempos para cá a mamã tem-me dado comidinha da boa todos os dias, mas todos, não falha um!!!! Ela esteve a explicar-me que mete lá dentro uma coisa chamada anafra... qualquer coisa... para eu papar, e que essa coisa me põe mais calma...

Sabes, diário, ando tão contente com a comidinha boa, que até deixo a mamã fazer-me festas! É verdade, e as festas dela são muito boas! Já ronronei, já fiz patinhas, a mamã já pegou em mim, já lhe dei a barriga... Vê lá tu como ando contente! Ela tem posto petiscos dentro daquela coisa horrorosa chamada transportadora, e eu como lá de dentro, já não tenho medo daquilo, até porque nunca mais fui visitar o 2 patas da bata branca! Já me deixei fechar lá dentro sem fugir a sete patas!! E sabes a escova, aquilo que eu pensava ser um monstro peludo, afinal descobri que é uma coisa muito gira que serve para nos fazer festas e tira aquele pêlo morto muito chato... A Blimunda e a Isolda estão fartinhas de me chamar trenga, dizem que já descobriram tudo isto há muito tempo! Só que para elas não há comidinha boa todos os dias! Ora tomem!!! (eheheh...)

Beijinhos,

Ísis

P.S.: Mas ainda me assusto de vez em quando, como verdadeira gata que sou, e já dei patada à escova e tudo!

... Comentários ( 2 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2005/03/11 13:04 "Como conseguir comidinha da boa..."

Querido diário,

Já não te escrevo há muito tempo, mas isto agora anda tudo calmo. Já há muito tempo que não acontece nada de novo. A Blimunda já não tem ciúmes do papá e nós somos as três muito boas amigas. Passamos o tempo juntas a dormir e a brincar...

Nos últimos tempos descobri uma boa forma de receber comidinha da boa, daquela molezinha... hmmmmmm!!!!! Então é assim: todos os meses a mamã Xana põe-nos uma coisa no cachaço, que arde como tudo. A Blimunda não gosta nada, e se puder foge dela com quantas patas tem, e eu também não gosto mesmo nada. A Isolda não gosta, mas é uma mole e não faz nada quando ela lha põe.
Há uns tempos fartei-me! Assim que ela se aproximou de mim e eu senti o cheiro daquela coisa, fugi. E sempre que ela se aproximava de mim com aquilo eu fugia. Normalmente deixava-a aproximar-se e depois... fugia dum salto. Resultado: a mamã foi buscar comidinha da boa e, enquanto eu comia vorazmente, senti a coisa que arde no meu cachaço, posta à traição.

Isto foi no mês passado. Este mês lembrei-me; assim que senti o cheiro daquilo, fugi a sete patas. Fiz isso algumas vezes até a mamã desistir. No dia seguinte não nos pôs comida de manhã. Não percebi porquê. Fartámo-nos de pedir e nada... Então, ao fim da tarde, ela fechou-se na cozinha e eu senti o cheiro delicioso daquela comidinha boa... Quando saiu trazia três pratos a abarrotar daquela coisa de-li-ci-os-sa!!!!! Pô-la em cima da mesa e nós atirámo-nos logo a ela. E, claro, senti aquela coisa que arde no cachaço. Foi outra vez à traição!

E depois, à noite, ouvi-a dizer ao papá: “Para a próxima não vou andar atrás dela. Ponho logo a comida de lata. Raio de gata!!!”

Fiquei tão contente!!!!!!! Sou mesmo inteligente, consegui que ela me desse comida de lata pelo menos uma vez por mês. Iupiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!! E a Blimunda e a Isolda a comer à pala... Como sou inteligente!!!!!

Até à próxima, diário.

Beijinhos,

Ísis

... Comentários ( 3 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/11/09 11:42 "Vou ser cantora!!!!!"

Querido diário,

Já não te escrevia há algum tempo. Sabes uma coisa? A Blimunda já é minha amiga "por inteiro" - já brincamos juntas, já dormimos juntas (às vezes) e ela até já me deu umas lambidelas um dia destes. Podes ver na foto. Nós estamos em cima duma cama muito quentinha que a mamã tem aí para nós. É muito fixe estar lá em cima, e muitas vezes estamos nós as duas. A Isolda não vai muito para lá, desconfio que ela não cabe, é muito larga... ihihih!!!!!

Que achas da ideia de nós as três nos dedicarmos à música profissionalmente? A mamã esteve a dizer-nos que nós juntas cantamos muito bem, somos afinadinhas e cantamos no ritmo. Até já gravámos duas canções: "Dá-nos de comer neste minuto" e "Abre já a porta da cozinha". Costumamos ensaiá-las todos os dias, principalmente "Dá-nos de comer neste minuto". A outra ensaiamos sempre que o papá vem cá comer, porque a mamã, depois de ele arranjar a comida, fecha a porta da cozinha com os melhores petiscos lá dentro. Pelo menos é o que nós achamos, porque senão, por que razão haveria ela de fechar a porta? De certeza que tem petiscos muito bons... e nem uma migalhinha para nós!!! Egoístas!!!!!! Por isso nós pomo-nos à porta a exigir que ela a abra, e foi daí que surgiu a canção "Abre já a porta da cozinha". E sabes que mais? Nesta sou eu a solista, e não a Isolda... Modéstia à parte, canto melhor do que ela!!!

Olha, tenho que ir, está no hora do ensaio diário de "Dá-nos de comer neste minuto".

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/10/20 11:17 "A mamã voltou para casa!"

Querido diário,

Não sei porquê, a mamã esteve uns dias desaparecida... é a segunda vez que ela faz isso! Bem, mas como já sou amiga da Blimunda e da Isolda, até nem foi muito mau! Brincámos e dormimos juntas, a tia Inês e a tia Cláudia vinham cá todos os dias pôr-nos papinha e água e limpar o caixote... mas claro que a casa não é a mesma coisa sem a mamã, não é?

Entretanto uma coisa que está na parede da sala ficou quentinha, e sabes, é tão bom deitar-me lá em cima... A Blimunda também gosta, às vezes pomo-nos as duas em cima do quentinho... é tão booooommm!!!!!

Bem, anteontem a mamã voltou finalmente, o papá David veio com ela, e nós ficámos tão contentes por vê-la de novo que nos fartámos de brincar, correr dum lado para o outro, foi mesmo fixe!!! A mamã já não está com o ar "zen" que tinha antes, mas ainda anda devagarinho e ainda passa a vida a pedir ao papá para lhe fazer coisas... cá p'ra mim ele está a ficar farto... ;) mas faz o que ela pede!!! Às vezes ralha-lhe porque ela começa a fazer as coisas sem lhe pedir... ihihih!!!!!!!
Antes dela desaparecer, houve um dia em que se deitou de tarde e não saiu da cama, e estava com um ar muito mau, e eu fui dormir para cima dela... havias de ver a cara dela quando acordou e viu que era eu!!!! Disse logo: "Que pena, não há rolo na máquina! Ninguém vai acreditar!!!" Mas podes acreditar, diário, em cima dela estava quentinho e eu fui para lá!

Ontem a mamã andou a distribuir miminhos por nós três. A melga da Blimunda passou o dia a pedir-lhe festas!!! É mesmo mimalha!!! Eu acordei mal disposta e não me apetecia comer, e deixei a mamã preocupada... só comi ao fim da tarde, e entretanto tive muitas festinhas da mamã, que até pegou em mim e tudo e me deu um beijinho... e só dizia "Ó Ísis, tu não fiques doente, rapariga!!!" Mas passou logo. Hoje já estou bem disposta e cheia de fome! Fartei-me de comer... eheheh!!! É que ela disse que se eu ficasse doente tinha de ir ao veterinário, e eu tratei de me pôr logo boa!!! Livra, era só o que faltava!!!

Bom, diário, agora as coisas estão mais calmas por aqui, ainda bem!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/09/21 12:45 "festas na baguiga!!!!"

Querido diário,

Já não bastava pegar em mim, a mamã fez-me festas na barriga! Confesso que tive um pouco de medo, mas é tão bom!!!!!!!!!!! Será que me estou a tornar uma verdadeira gata de casa? Sinto-me bem aqui, sabes, tenho cada vez menos medo!

A Isolda e eu já somos as melhores amigas. A Blimunda às vezes olha para nós de lado, acho que ela tem ciúmes. Já não bastava ter ciúmes do papá David, acho que também não gosta que eu e a Isolda sejamos tão boas amigas.

Ontem, para a sossegar, brinquei com ela!!! Íamos mandando uma série de coisas ao chão, mas foi muito fixe!!! Acho é que deixámos a mamã um pouco preocupada... vá-se lá saber porquê!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/09/20 14:23 "Já sou pegada ao colo!!!!!!!!!!"

Querido diário,

Hoje vou só escrever um bocadinho! Sabes que a mamã de vez em quando pega em mim ao colo?!!!!!!!!! AO COLO!!!!!!!!!!!!!!! Que horror!!!!!!!!!!! E fá-lo quando eu estou desprevenida, isto é: põe-me papinha e depois pega em mim!!! E já me deu beijinhos e tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

E sabes que mais, diário? Não é assim tão mau como eu pensava! A mamã faz-me festinhas e depois pousa-me. Se ela fosse brusca havia de ver: eu bufava, eu arranhava, eu mordia, eu... eu... eu...

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/09/13 13:48 "Mudanças cá por casa!!!!!!!!!!!!"

Querido diário,

Para começar, zanguei-me com a mamã. E não é que me voltou a levar ao 2 patas de bata branca que me deu uma pica? Quando ela me deu um bocadinho de comidinha da boa eu devia ter adivinhado que se passava alguma coisa!!!! Comecei a ficar um pouco sonolenta e deitei-me para dormir. A mamã deixou-me em paz e foi tratar da vida dela.

Umas horas depois apareceram as tias: a Inês e a Cláudia. Dirigiram-se a mim com uma toalha na mão e fez-se luz no meu espírito!!! Vi logo, queriam enfiar-me na caixa!!! O sono passou num instante e corri a enfiar-me debaixo do sofá. Elas acalmaram e eu pensei que talvez não me fossem fazer nada, pelo que saí. Asneira da grossa, diário! Elas perseguiram-me e eu fui refugiar-me no escritório, pensando eu que estaria a salvo. Lá há sítios muito bons para eu me esconder. Fecharam a porta. A mamã ficou do lado de fora (ela não se pode mexer bem, sabes, anda meio trôpega...) e elas perseguiram-me sem dó nem piedade!!! Bufei, rosnei, fugi, deitei coisas abaixo, a tia Inês agarrou-me algumas vezes mas eu consegui soltar-me sempre!!! Olha, com o medo até me descuidei e fiz um chichizito!!! Escondi-me atrás dum armário, e elas sempre a tentarem fazer-me sair. Arrastaram o armário um pouco, e depois foi à traição: a tia Inês dum lado e a tia Cláudia do outro, com a caixa aberta. A tia Inês empurrava-me para o lado da tia Cláudia, e eu só tinha duas opções: ou saltava contra a tia Cláudia, ou entrava para a caixa! Acabei por entrar para a caixa, mas foi À TRAIÇÃO!!!!!!!!!!

Quando elas abriram a porta consegui ver através das grades da minha prisão que a mamã tinha as mãos na cara. As tias até se riram!!! Caíram umas coisas por lá, aquilo ficou um bocadito desarrumado. Fomos ao mesmo sítio da outra vez e o mesmo 2 patas deu-me uma pica. Só isso!!! Mas eu não gostei nada!!!

Ouvi as tias dizer à mamã que aquele escritório não estava muito bom para mim, porque tinha demasiados sítios para eu me esconder. Pois para mim estava perfeito. Então ofeceram-se para ir lá arrumar aquilo "à moda delas" e ontem apareceram elas as duas, mais a avó Fernanda, e arrumaram a casa toda à mamã. Puseram o escritório todo diferente, sem buracos para eu me esconder... que pena!!!

Só que, e aí vem o melhor, de repente nós reparámos em coisas em que nunca tinhamos reparado até aqui: o escritório está cheio de animaizinhos peludos, que a mamã tinha bem fora do nosso alcance, mas que agora ficaram ao nosso alcance!!! A Blimunda ficou toda contente e ensinou-me que são muito fixes para brincar. Pusémos uma série deles no chão, divertimo-nos mesmo muito. A mamã é que não achou muita piada e pô-los TODOS outra vez fora do nosso alcance!!! Durante a noite também nos divertimos muito, e olha, diário, sem querer caiu ao chão uma coisa à qual aconteceu algo muito giro: desfez-se em vários bocadinhos!!! Lá veio a mamã, a cambalear, olhos meio fechados, a ralhar connosco e a apanhar aquilo. Se não querem que a gente faça as coisas, que não as deixem ao nosso alcance, não é?!!

Tem sido muito giro explorar os sítios novos do escritório, subir para todo o lado, ver a mamã a mudar o sítio das coisas por nossa causa, enfim, temo-nos divertido muito. Até já perdoei à mamã ter trazido as tias para me perseguir!

A Blimunda também já anda mais contente com a mamã. Como ela agora anda assim um pouco "zen" (como eu depois de comer aquela comidinha) e passa muito tempo deitada, e se levanta tarde de manhã, a Blimunda tem ido dormir para cima dela muitas vezes. Já anda toda contente com ela outra vez. Só continua é a não gostar muito do papá David... havias de ver os olhos que ela lhe deita!!! Se ela olhasse para mim assim, eu corria a esconder-me!!! Ele não lhe liga muito, mas às vezes fecham-lhe a porta! E ela amua e depois não come!!! Sabes, diário, aquela gata é mesmo complicada!!!!!!!!!!!!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/09/03 21:26 ""

Querido diário,

Em primeiro lugar, peço-te desculpa por não ter dito nada durante tanto tempo, mas a mamã Xana (a minha secretária para estas coisas) não tem tido muito tempo.

Ela agora anda sempre aiaiaiaiai pràqui, aiaiaiai pràli, sinceramente ainda não percebi o que ela tem! Ela diz que são as costas mas cá pra mim é o novo papá que ela nos arranjou!!! Sabes, diário, a Blimunda anda amuada com ela, diz que agora ela não lhe liga nenhuma que só liga ao papá novo. Eu até o acho fixe, dá-me de comer às vezes quando a mamã diz que não se consegue baixar. Se dá comida é um 2 patas de jeito. Também brinca connosco de vez em quando. Mas a Blimunda não gosta dele. Chama-lhe intruso, e quando a mamã está com ele vai lá interromper só para ter a atenção toda dela!!! No outro dia ela fechou-lhe a porta! Foi bem feita! Depois a Blimunda amua, quando a mamã ou o papá põem comida diz que não tem fome, e eu aposto que é só para ver se ela tem pena dela!
E não é que ela tem mesmo, diário? Quando o papá não está cá a mamã é toda mel com a Blimunda, faz-lhe festinhas, brinca com ela... hmmff!!!
Mas eu vingo-me: agora que já cá estou há algum tempo decidi que isto de me submeter às tiranas tem de acabar. Só que a verdade, diário, é que como tenho medo da Blimunda, só tenho coragem para protestar com a Isolda! Mas protesto a sério, rosno e bufo!!! Depois digo à Isolda que é a brincar, que é para ela não ficar chateada comigo!!! E ela não fica. Até que brincamos muito e nos divertimos. E com a Blimunda também!!! Já nos damos bem!!!

A Isolda é que gosta do papá David. Também, ele está sempre a oferecer-lhe pizzas e hamburgueres (a mamã Xana ralha-lhe muito quando ele diz isso à Isolda...), e ela passa a vida a pedir-lhe comida. E deixa que ele pegue nela!!! É uma oferecida, é o que a mamã Xana lhe chama. É verdade, diário, sabes o que é que o papá David chama à Isolda? "Fome negra!!!" Ihihihihih!!!!! E é verdade, ela está sempre com fome, a mamã Xana diz que ela está de dieta porque está muito gorda!!! A coitada passa a vida a pedir comida. Ahmmmmm... OK, está bem, eu também! Mas eu estou elegante!!! Eu posso!!!!!!!! Agora a Isolda... Coitada, já está mais magra, a mamã até diz que ela já pode comer mais um bocadinho, mas para ela nunca chega!!! Fome negra!!!!!!! Ihihihihihihih!!!!!!!!

Na semana passada a mamã esteve desaparecida durante quatro dias. Disse que foi de férias!!! Não sei o que isso é, só sei que tive medo que ela não voltasse e nós morrêssemos à fome aqui fechadas. Só que a tia Inês vinha cá todos os dias dar-nos de comer e brincar connosco. Até que foi simpática. Mas gosto mais quando a mamã cá está.

Olha diário, daqui a algum tempo volto a escrever a contar novidades.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/08/12 00:00 "Afinal era só isso?"

Querido diário,

Sinto que fui traída! Então tanta coisa para me apanharem, e afinal para quê? Para nada! Segunda-feira a mamã Xana e a tia Cláudia voltaram à carga. Primeiro comi comidinha da boa, na qual senti qualquer coisa estranha. Depois senti-me um nadinha mais calma, bem disposta, cheia de energia! Claro que as 2 patas tinham que vir estragar tudo e tentar apanhar-me. Não deixei, claro, fugi, bufei, ameacei... e elas não conseguiram apanhar-me!

Ontem de manhãzinha, outra vez comidinha da boa, e outra vez qualquer coisa estranha lá no meio. Mas como a mamã Xana não está lá muito pelos ajustes de me dar aquela comidinha, nem liguei e comi tudo o mais rápido que pude não fosse ela roubar-me a comida!
Depois de comer, passado um bocado, comecei a ficar tonta! Não percebo, só me apetecia deitar-me e dormir! Mas achei melhor estar alerta não fosse a mamã Xana (que estava sozinha) tentar agarrar-me. Só que não resisti e acabei por adormecer mesmo.
Acordei de repente em sobressalto! Era a mamã Xana que me vinha agarrar. Dum salto bufei e fugi-lhe a correr, nem sei onde fui arranjar forças! Ela veio atrás de mim, e como eu estava muito "zen" deixei-me agarrar pelo cachaço, à traição! Mas achas, diário, que ia deixá-la vencer? Pus as minhas unhas TODAS de fora, bufei e torci-me e ela acabou por me deixar cair! Fugi logo e fiquei mais desperta, ainda que um tanto tonta!

Uns minutos depois apareceu a tia Cláudia! E as duas fecharam-me no escritório, puseram lá dentro a caixa e andaram atrás de mim! Fugi-lhes o mais que pude, rosnei, ameacei, bufei, mas estava sem forças e a verdade é que elas acabaram por me agarrar e enfiar-me na caixa!

Depois taparam a caixa com qualquer coisa, de forma que eu não conseguia ver para fora, e meteram-me num sítio que fazia muito barulho. Iam falando comigo, mas eu protestei o caminho quase todo, a dizer que não me queria ir embora dali como das outras vezes, a pedir-lhes que não me levassem para outro sítio, que me deixassem ficar cá em casa! Por favor!!!!!

Passado uma eternidade tirou-me da caixa um 2 patas de bata branca. A mamã Xana, a tia Cláudia e uma outra 2 patas agarraram-me, a mamã Xana ia-me fazendo festinhas na cabeça e falando comigo baixinho, e a certa altura senti duas picadelas no cachaço, primeiro uma depois a outra, mas não me doeu nem nada!

E depois foi outra vez para a caixa, outra vez tapar a caixa, outra vez o sítio barulhento, e finalmente casa outra vez!!!!! QUE BOM!!!!!!! Não me levaram para outro sítio! Ando tão contente que até tenho dormido na cama da mamã Xana! Gosto de dormir lá. Ontem à noite andava lá uma coisa a mexer-se debaixo dos cobertores, e eu achei que dava uma brincadeira muito gira e ataquei aquilo! Ninguém se queixou, mas a mamã Xana acordou, olhou para mim e disse:

-És tu, Ísis? A atacar-me o pé? Muito bem!!!

Depreendo por estas palavra que ela achou piada, talvez o faça mais vezes!

Sinto-me traída, sabes diário, porque foi tanta coisa, tanto stress, para levar só duas picadelitas!!!! Mas ainda bem que estou de volta a casa! Só ainda não percebi muito bem o que siginifica a palavra "vacina". Será a caixa? O sítio barulhento? O 2 patas com bata branca? As picadelas? Seja o que for, ainda bem que estou de volta!!!! Espero nunca sair daqui!!!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/08/07 23:07 "Socorro!!!!!!"

Querido diário,

Socorro!!!!!! Estou a ser perseguida! Não há direito! Desde quinta-feira passada que a mamã e as tias não me deixam em paz, a tentar enfiar-me dentro duma caixa. Ouvi a palavra vacina! Socorro!!!! Alguém sabe o que isso é? Vão-me meter na caixa e levar-me daqui para nunca mais voltar?!! Logo agora que estou a gostar tanto disto e até já fiz duas amigas (vejam a foto, eu e a Isolda a brincar juntas...)!!!!! Não quero que me levem daqui!!!!!

Olha, diário, na quinta-feira a tia Cláudia veio cá a casa. Eu estava esfomeada, a mamã Xana deixou-me montes de tempo sem comer, e eu já andava há que tempos a pedir-lhe. Pois ela ignorava!!! Quando a tia Cláudia chegou, um bocado depois, ela foi buscar comida para mim. E decidiu que o melhor sítio para a pôr era no fundinho da caixa de verga com porta onde me trouxeram para cá. Cheia de fome como estava fui lá comer, mas esperta como sou deixei as patas traseiras de fora! Não que eu não sou burra! A mamã Xana empurrou-me as patas para dentro!!! Foge, que susto!!! Fugi a correr e a bufar!

Pensas que elas se deixaram intimidar com as minhas ameaças?! Não, continuaram a pôr a comida lá no fundo e a tentar empurrar-me quando eu ia comer! A certa altura a mamã Xana desapareceu e ficou só a tia Cláudia. Esta deixou-me em paz e eu fui para o escritório, para a cadeira onde a mamã Xana se senta a ver os gatinhos na caixa e a carregar nuns quadradinhos (para quê não faço ideia!). Consegui relaxar um bocadinho, mas aí a mamã Xana voltou e trazia aquela comidinha boa... Meu Deus, até salivei quando senti o cheiro, estava com tantas saudades daquela comida!!! Só que aí elas voltaram a fazer o mesmo que antes, a pôr a comida no fundo da caixa. Caramba!!! Mas pensas que me deixei enganar? Claro que não, elas subestimaram a minha inteligência! Entrava na caixa, tirava um pedacinho o mais rápido que conseguia e depois vinha para fora comer... Fiz isto montes de vezes, até que elas desistiram e passaram a andar atrás de mim com uns panos. Bufei tanto quanto pude e fugi o mais rápido de que fui capaz! Ao fim duma meia hora elas desistiram! Safa, finalmente pude descansar!

Convencida que tinha acabado, ontem a tia Cláudia veio cá de manhã! Trazia uma caixa diferente, maior, e fizeram o mesmo, outra vez com a comidinha boa! Sim, sim, como se eu fosse burra! Percebi logo muito bem o que elas queriam. E não deixei! Não deixei mesmo. Perseguiram-me com os panos, tentaram atrair-me para dentro da caixa, e eu nada! Topei-as à distância!

Foram embora e voltaram de tarde, estava eu a descansar. Caramba, a tarde é altura de dormir! Vieram todas falinhas mansas, como se eu não visse logo que era isso que elas queriam. Instalei-me para dormir, sim (uma gata não é de ferro, e eu estava cheia de sono!), mas sempre com um olho aberto e outro fechado! E sempre que elas se aproximavam eu abria os olhos e olhava tão ameaçadoramente quanto me era possível para elas! Deixavam-me longos períodos em paz e depois vinham olhar para mim! A certa altura aproximaram-se outra vez com os panos grandes na mão. Vi logo!!! E fugi a bufar!

E pensas que elas desistiram? Não!!!! Hoje outra vez!!!! Bolas!!!!! Desta vez veio mais a tia Inês, que me conseguiu agarrar à traição quando entrou cá em casa, só que eu dei-lhe uma valente arranhadela no braço e fugi a bufar! Pois, e as burras continuaram a tentar! Outra vez com a comidinha boa, puseram a caixa na varanda e tentaram atrair-me para lá. Com os panos grandes na mão, mas eu refugiava-me debaixo da mesa da cozinha onde elas não chegavam. Fecharam a porta da cozinha para eu não fugir, distrairam a Isolda e a Blimunda com a minha comidinha boa, e começaram a tentar apanhar-me outra vez! Pois eu não deixei e não deixei e não deixei!!!! Fugi sempre, e quando me apanhei ao pé da porta miei muitas ameaças e a mamã Xana acabou por abri-la. Enfiei-me debaixo do armário da entrada e lá fiquei!

Bom, a única coisa boa disto tudo é que comi muito da comidinha boa! E as lontras da Blimunda e da Isolda também, desgraçadas! Mas não me deixei apanhar! Nos olhos da mamã e das tias transparecia uma frustração que nem te conto, diário! Mas é bem feito!!! Assim não me mandam embora! Caramba, logo agora que eu estou a gostar mesmo de cá estar, agora que a Blimunda já brinca comigo e tudo.. Não me quero ir embora! Meu Deus, faz com que eu nunca me vá embora daqui! É que algo me diz que é isso que a palavra vacina quer dizer, que eu me vou embora! Não quero!

A mamã Xana voltou há bocado, sozinha. Não me tentou apanhar, mas como eu já não comia há algum tempo decidi ir pedir-lhe. Voltou a ignorar os meus pedidos (disse que eu já tinha comido muito) e eu tentei pedir-lhe da forma que ela se derrete toda: deixei-a fazer-me festinhas, rocei-me toda na mão dela e até me deitei e mostrei a barriga, como a Blimunda e a Isolda fazem às vezes. E deixei-a tocar-me na barriga, mas sempre muito atenta, não fosse ela abusar da confiança. E se desse mostras de me tentar enfiar na caixa, juro que lhe arrancava a mão à arranhadela!!! Mas não. Nem me deu de comer, também, só há bocado quando voltou da rua outra vez (ela está sempre fora e dentro, não entendo os 2 patas, sempre a sair...).

Até ver parece que desistiu de me meter na caixa, mas tenho medo que ela tente outra vez! Eu não quero ser mandada embora!!!!!! Por favor, mamã Xana, deixa-me ficar, a tua casa é tão fixe, a Blimunda e a Isolda já gostam de mim, tu até és simpática, dás-me comida, brincas comigo e fazes-me festinhas! Não me quero ir embora!!! Alguém me explica o que quer dizer vacina?

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/31 19:33 "A minha amiga Isolda... as festas da mamã Xana... a malandra da Blimunda..."

Querido diário,

A minha amiga Isolda está cada vez mais confiante. E a Blimunda vai a caminho de se tornar minha amiga. Tenho razões para me sentir contente!

A mamã Xana agora insiste cada vez mais em me fazer festas! E sabes que eu estou a começar a gostar? É assim: ela coça-me o lombo, coça-me o cachaço, e sabe bem! Hoje até ronronei um bocadinho. A tia Cláudia e a tia Inês estavam a ver e também me vieram fazer festas! Quer dizer, o meu lombo não é propriamente propriedade pública! Elas que arranjem outros lombos para coçar! Haja respeito! Mas lá que é bom, isso é verdade! Até comi com mais vontade!

Também gosto muito das coisas que a mamã usa nos pés, cheiram bem! Gosto de me roçar por elas, brincar com elas! Será que ela lhes põe perfume?

No outro dia a mamã Xana chegou a casa, assim ao fim da tarde, em plena hora da nossa soneca! Estava eu deitadinha na cama dela, a Blimunda no outro canto e a Isolda na plataforma! A mamã quando me viu ficou toda dengosa, a dar-me a mão a cheirar, a falar comigo como se eu fosse um bebé (pfffff!), e depois deitou-se ao lado da Blimunda, a fazer-lhe festinhas e a falar-lhe baixinho. Primeiro fiquei apreensiva, mas ela deitou-se devagarinho e de costas para mim. Como isso é sinal que confia em mim, fiquei mais descansada e deixei-me estar. A Isolda também foi lá toda dengosa pedir festinhas, e estivémos ali as quatro a relaxar durante uns minutos! Foi muito fixe! Imagina só, que eu até me pus de barriga para cima, de tão confortável que estava! Mas não deixei a mamã fazer-me festas na barriga! Ela que tenha paciência, mas isso ainda vai demorar! E quando ela insiste há que lhe dar umas patadinhas (de unhinhas para dentro...) para a avisar! Hoje já lhe dei uma grande benesse, que foi deixá-la estender-me a mão para eu cheirar. Decidi marcá-la com o meu cheiro e esfreguei as minhas glândulas no dedo dela. Ela derreteu-se toda! E enquanto me fazia festas dizia às tias:

- Estou toda derretida!

Está bem, pronto, eu sei que sou um espectáculo de gata e que é perfeitamente natural qualquer 2 patas derreter-se comigo! Eu sou charmosíssima, muito querida, e sei bem como ainda acentuar isso mais. Um segredo para todos os primos que estejam a ler este diário: um miado silencioso, com olhinhos semicerrados, derrete o coração de qualquer 2 patas! E talvez eles nos dêem da comidinha boa... Com a mamã Xana ainda não resultou, ela faz ouvidos moucos, mas eu ainda não desisti de tentar!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 2 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/28 11:15 "Festas... que coisa horrível!!!"

Querido diário,

Socorro, a mamã Xana agora insiste em fazer-me festas quando me dá de comer!!! Quer dizer, eu não fujo porque tenho mesmo fome, e sei lá, ela pode tirar-me a comida ou assim. Ela agora insiste em tocar-me de vez em quando, e eu tenho deixado!!! Que horror!!! (Bem, também lhe dou umas patadinhas de vez em quando, não quero cá demasiada confiança...)

Tá bem, pronto, ela não é assim tão má como isso... e a verdade é que não é mau de todo fazerem-nos festas no lombo... e ela até não insiste demasiado... mas mesmo assim, é uma questão de princípio, não achas? Quer dizer, ela não está sinceramente a achar que eu vou fazer o mesmo que a Blimunda e a Isolda, e deixá-la PEGAR EM MIM!!!!!!! Isso é que nem pensar. Não que eu tenho umas garras muito boas, se ela sequer tentar vai ver o que são unhas espetadas na pele dela. Sim, porque a Blimunda e a Isolda com ela são umas moles, derretem-se todas por umas festinhas, até as pedem! Pfffff! Nem umas unhas fixes espetam na mão dela! Havia de ser eu a deixar uma 2 patas qualquer pôr a mão na MINHA barriga, que é muito minha e não é para qualquer 2 patas pôr a mão!

Tá bem, diário, eu sei, ela dá-me de comer... e muda o caixote... e fala comigo. Responde sempre que eu falo com ela, o que prova algum tipo de inteligência (não tão apurada como a dos gatos, claro...), mas daí até tocar vai uma grande distância...

Beijinhos

Ísis

P.S.: Tenho insistido com as turrinhas à Isolda e tem resultado, já somos quase amigas! Agora comecei com a mesma estratégia com a Blimunda, só que ela bufa-me um bocado ainda. É certo que com menos força... Enfim, é uma questão de mais algum tempo!

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/23 20:45 "Tou livre!!!!!!!!!!"

Querido diário,

A mamã Xana já não me prende na sala à noite!!!! Que fixe!!! Tou livre!!!! Ando tão feliz que passei as duas últimas noites a exprimir a minha gratidão alto e bom som! Acho que ela gostou dos meus agradecimentos, porque me respondeu várias vezes ao longo da noite. A Blimunda é que não acha muita piada, e às vezes vem-me dizer que a dona da casa é ela. Deixa lá, diário, há-de lhe passar!

Ontem à noite fui até ao sítio onde a mamã Xana dorme, e ela estava a fazer a Blimunda saltar com o rato preto. A Blimunda salta tanto! Não sei como é que ela não emagrece. Se calhar é mais correcto dizer que ela não engorda. Estive a olhar cheia de vontade de participar, mas cheia de medo. A mamã Xana ainda pôs o rato algumas vezes para o meu lado, mas eu tenho demasiado medo.
Quando tudo sossegou e a mamã Xana apagou a luz e se deitou para dormir (que hábito estranho, dormir de noite...) reparei que ela tinha deixado lá as coisas que usa nos pés e descobri que dão uns brinquedos muito bons! Ela é que não achou e acendeu a luz para mos vir tirar! Fogo, não se pode brincar com nada! Bem, tá bem, na noite anterior ela tinha-me deixado umas cascas de ovo muito fixes. Só tem um problema, esmigalham-se todas, sabes, ao atirá-las de um lado para o outro. Fiquei sem brinquedo num instante porque ficou espalhado pelo chão da sala. Acho que a mamã não achou muita piada quando de manhã viu. Disse uma coisa que lhe tenho ouvido muitas vezes ultimamente:

- Meu Deus, Ísis, o que tu fizeste!

Ontem antes de sair ela verificou uma série de coisas e ouvi-a comentar:

- Deixa lá ver se não tem nada que a Ísis possa estragar ou tirar do sítio!

Já viste, diário, agora já não se pode brincar à vontade! Ela é mesmo invejosa, quer os brinquedos fixes todos para ela!

Por falar em brincar, eu e a Isolda já brincamos uma com a outra. É mesmo fixe. A tinhosa da Blimunda (desculpa, Igas...) é que me bufa que se farta!

Há bocado a mamã chegou e trouxe um rato novo! Diário, havias de ver a Blimunda e a Isolda aos saltos. A Isolda toda feliz:

- Este tem pêlo, dá para agarrar! Mamã, que bom!

Nunca tinha visto a Isolda saltar tanto! Pode ser que ela perca algumas daquelas banhocas! Ela já está mais magrinha, ou melhor, menos gorda (acho que a mamã Xana a pôs de dieta rigorosa depois de eu chegar... ihihih...), mas estes saltos só lhe fazem bem. A mamã Xana fartou-se de mandar luz para cima de nós (eu fui lá tentar brincar um pouco, mas a Blimunda não deixou, é uma açambarcadora!) e manda dizer que se as fotos não ficarem tremidas com o nosso movimento as mostra a toda a gente cá no site.

Bem, diário, vou continuar a brincar. O rato novo é todo fixe. Tem pêlo. É que o pêlo do outro, bem, sabes... com a brincadeira e assim... ficou... bem... sem pêlo! Ihihih!!!!!

Beijinhos da

Ísis

P.S.: Conquistei o pedaço da casa em que me vês na foto à Blimunda. Este pedaço é meu!!!

... Comentários ( 6 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/20 13:08 "Então, estou linda ou não estou?"

Querido diário,

A pedido de várias famílias, hoje ponho uma foto minha que a tia Isabel tirou. Os olhos fechados é por causa da luz! Que mania dos 2 patas de usar a coisa com luz direitinho nos nossos olhos sensíveis... mas eu estou mesmo linda, não estou? Não é que eu seja vaidosa, longe de mim tal ideia, mas estou mesmo linda!

Bom, novidades! A Isolda já deixa que eu lhe dê umas turrinhas sem se queixar! Que bom! Acho que já somos quase boas amigas... quer dizer, quase, não ainda! A Blimunda continua a mesma tinhosa, de vez em quando lá vem atrás de mim e dá-me umas patadinhas e umas bufadelas. Mas a mamã Xana não a deixa abusar.

Por falar em mamã Xana, não é que ela agora insiste em brincar comigo, em me dar a mão a cheirar, em me tocar na cauda enquanto eu estou a comer? Fogo, pá! Quer dizer, pronto, a mão dela até não cheira mal, mas eu tenho medo que ela me toque. E se ela pega em mim como eu já a vi fazer à Blimunda e à Isolda? Pelo sim pelo não vou-lhe dando umas bufadelas de aviso, e uma ou outra patadinha. Se bem que o dedo dela dava um brinquedo fixe! Se eu puser as unhas de fora, então é que deve ser um brinquedo fixe! Daqueles que guincha!

Ontem descobri que ela afinal entende gatês. Veio cá para a sala, à noite, com uma coisa quente na mão. Disse que se chama chá e deu-me a cheirar. Pfffff! Cheira mal! Eu queria era aquela comidinha da outra vez. Mas ela, em vez de ma dar, não! Sentou-se na cadeira de baloiço, a balouçar! Tem algum jeito? Então comecei eu:

-Miu !(Trad.: "Dá-me a comidinha boa!")

-Ó Ísis, essa não, faz-te diarreia!

-Miu! (Trad.: "Não faz nada, dá-me a comidinha boa!")

-Não, Ísis, faz-te mal!

-Miiiu! (Trad.: "Anda lá, duas patas estúpida, dá-me a comidinha boa!"

-Não, Ísis, já disse que não!

-Miu! (Trad.: "Mamã, dá-me a comidinha boa! Por favor!")

-Não, Ísis, faz-te mal!

Estivémos nisto algum tempo, até que ela se cansou e me deixou sozinha. Já viram? Ela percebe (o que quer dizer que tem alguma inteligência) e recusa-se a dar-me aquela comidinha! Nem com chantagem emocional! Bom, vou continuar a insistir. entretanto ela vai-me dando aquela coisa seca que até faz doer os dentes.

Ó diário, vida de gato é tão dura!!!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 7 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/17 23:19 "Tive mais visitas."

Querido diário,

Não te escrevi ontem porque isto agora anda mais calmo, são menos novidades de cada vez. Tenho-me divertido muito cá em casa, a mamã Xana tem muitos brinquedos. Por exemplo, na varanda gosta de pendurar umas coisas (uns panos) molhadas, que acabam por secar, e deixa-as ali. Ontem tinha umas coisas muito fixes, beje, compridas, muito fixes para brincar. Ela tirou-mas quando me viu brincar com elas. Disse:

-Ai, Ísis, as minhas meias!!!

Não percebi, nem sequer sei o que são meias! Não percebo para que é que ela nos dá brinquedos se depois os tira. Outro exemplo, ontem também vi-a passar umas coisas por água e pô-las de cabeça para baixo na cozinha. Fui ver o que era, e tinha umas coisas de borracha mesmo fixes para brincar. Peguei numa com a boca e fui brincar, e ela veio e tirou-ma. Pois fui buscar a outra... e ela torna a vir e tira-ma também! Realmente não entendo!

Sabes uma coisa, diário, a Blimunda ainda me dá umas bufadelas (e umas patadas), e eu ainda tenho um pouco de medo dela, mas ontem pela primeira vez cheirámos narizes. É um grande progresso! A mamã Xana agora ralha-lhe quando ela vem atrás de mim, e ainda me fecha na sala de noite, porque diz que não confia na Blimunda, mas eu acho que estou perto de a conquistar!

Hoje vieram cá várias 2 patas e hoje aprendi o nome delas: a tia Inês, a tia Cláudia, e a mamã do Freddy, que também já viveu comigo, e que é a tia Cláudia também! A mamã Xana tinha-me dito que a mamã Tânia também me vinha ver, e a mamã Elsa se calhar também, e ainda a tia Fátima, mas elas não vieram. Tive pena, porque eu gostava que elas me tivessem vindo visitar. Não se esqueceram de mim, pois não?
Estiveram aqui um bocado e depois foram embora todas, a mamã Xana também. Mas voltou há bocado e disse-me que foi visitar o primo Freddy e que ele me mandou miaus e ronrons. Que bom! E ouvi-a contar à Blimunda que encontrou um Baltazar para ela. A Blimunda disse que não quer um Baltazar, que já tem um, mas a mamã disse que este Baltazar é de carne e osso, é igual a ela só que muito mais pequenino. A mamã Xana contou-nos que quase o roubou, só não o fez porque a tia Cláudia estava muito atenta e não deixou... Que pena! Eu acho que seria bem fixe mais um menino aqui connosco. Será que a mamã Xana não quer arranjar um para mim?

Olha, diário, agora a mamã Xana cismou que me há-de tocar! Normalmente tenta brincar comigo, mas eu tenho um pouco de medo. Agora começou a tentar tocar-me. Já lhe dei umas patadinhas de aviso, mas como foi só de aviso pus a unhas para dentro. Mas se ela não tiver cuidado posso pôr as unhas de fora, ai isso posso!
Bom, é melhor não exagerar, senão então é que ela nunca mais me dá a comidinha boa! Forreta, nunca mais me deu, e eu nunca mais fiz diarreia nem nada, nem nunca mais fiz fora do caixote! Sou uma gatinha muito limpinha e bem comportadinha! Hoje ouvi as tias dizerem que eu já estou mais gordinha. Não sei como, só como umas coisas secas e duras, aquilo não engorda ninguém (a não ser a Isolda e a Blimunda, claro!). Eu bem mio a pedir, a ver se ela entende, mas nada, parece que não entende! Será que ela não entende gatês? Uma língua tão simples? Eu entendo a língua dela, o mínimo que ela podia fazer era entender a minha, não achas diário? Mas para já, comida boa e molezinha nem vê-la!

Até à próxima, diário. Já estou outra vez fechada na sala! Vou tentar divertir-me sozinha!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 5 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/15 22:39 "Já cá estou há uma semana!"

Querido diário,

Já fez uma semana que eu cá cheguei, e isto já avançou muito. Bem, a Blimunda ainda me bufa, mas a Isolda não. Hoje houve mais patadinhas entre nós. Acho que estamos a ficar amigas.

A mamã Xana hoje trouxe-me um brinquedo muito fixe, um rato na ponta de um fio enrolado que estica. O rato faz barulho, tem coisas dentro, é muito fixe. Pelo aspecto desconfio que a Blimunda e a Isolda já o mataram bem morto há muuuuuuiiiiito tempo! Pobrezinho, já quase não tem pêlo!
A mamã Xana ia passando o brinquedo por nós as três, uma de cada vez. A Blimunda não me bufou nem nada, mas acho que ela não estava nada contente por eu estar a brincar com o rato. A Isolda é que não brinca assim com muita convicção, não corre nem nada. Acho que é por isso que ela está tão gordinha. Vi a Blimunda dar uns saltos muito atléticos para apanhar o rato, mas a Isolda não. Eu só lhe dei umas patadinhas, porque na outra ponta do fio estava a mamã Xana, e eu ainda tenho medo dela!

Ela acabou por o deixar pendurado nas costas da cadeira de baloiço e digo-te, diário, foi a melhor coisa que ela podia ter feito! Brinquei tanto com o rato, saltei que me fartei, diverti-me mesmo! De vez em quando via a mamã Xana entrar com a coisa preta que tira a nossa imagem com a luz, e sempre que ela o fazia parava! Não quero imagens minhas no papel! Mesmo assim ela tirou uma ou outra!

Ela hoje voltou a fazer a coisa esquisita em que mexe os braços e as pernas, e eu voltei a achar melhor sair (mas primeiro estive a observá-la atentamente a ver se encontrava alguma lógica no que ela estava a fazer - e não, não encontro!). Quando ela acabou voltei para a sala, para o meu lugar, para dormir que é muito fixe. Com o calor é o que sabe melhor!

Acho que por minha culpa a Blimunda amuou com a mamã Xana. Sabes, a certa altura ouvi ruídos familiares, que para mim significam comida! Sabes, diário, o ruído de coisas a mexer no sítio onde os 2 patas tratam da comida, e fui a correr, ver se ela me dava alguma coisa. Ainda por cima vi a Isolda a apanhar alguma coisa do chão e ainda fui ver se apanhava um bocadinho. Quando lá cheguei a Isolda disse-me que era um biscoito que ali tinha ficado esquecido - e ela já o tinha comido. Então ouvi a mamã Xana:

-Tás com fome, Ísis?

E pegou nos três pratos (sim, porque eu também tenho o meu prato, não é só a Isolda e a Blimunda) e pô-los ao pé uns dos outros. Não sei porquê, ela normalmente separa-nos quando é para comer. Eu, que estava com fome, fui logo comer, e a Blimunda e a Isolda ficaram a observar de longe. Comi do prato que cheira mais à Blimunda, e ela insultou-me:

-Estúpida, esse prato é meu, mamã, não a deixes comer dali, o prato é meu!

Mas, não sei bem porquê, não me foi expulsar dali e eu pude comer à vontade. Passado um bocado ouvi a mamã perguntar à Blimunda:

-Que foi? Tás amuadita? Não me deixas fazer festinhas? Pronto, desculpa!

O certo é que o amuo não durou muito, porque um bocado depois a mamã foi à varanda, onde a Blimunda estava a dormir, fez-lhe festinhas e eu ouvi:

-Pronto, tou perdoada? A Ísis não volta a comer do teu prato! Prometo!

Enfim, isso quer dizer que a culpa é minha! Não é justo! Quer dizer, a mamã que não tivesse posto ali os pratos todos juntos! Não achas, diário?

Enfim, vou-te contando mais coisas à medida que elas forem acontecendo, ok, diário?

Beijinhos

Ísis

P.S. : Tia Cláudia, a mamã Xana manda dizer que só pode pôr mais fotos minhas quando acabar este rolo, e que eu sou uma chata porque sempre que estou numa pose gira e ela se aproxima para tirar a foto eu mudo logo de posição! Heheh, bem feita!!!

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/14 22:59 "Já brinquei com a Isolda!!!"

Querido diário,

É verdade, leste bem, brinquei mesmo com a Isolda. Quer dizer, foi só uma patadinha, mas acho que é um grande progresso, não concordas, diário? Primeiro foi ela que me convidou para brincar. Havias de ver, diário, deitou-se à minha frente e rebolou! Só que depois a Blimunda apareceu e estragou tudo (tinha que ser!!!). Mas eu voltei a convidar a Isolda para brincar, e desta vez ela não me recusou, e eu dei-lhe uma patadinha, e ela não me bufou nem nada!!! Acho que ela gostou. Tenho que tentar mais vezes.

Bom, a minha 2 patas trouxe cá a mamã do Benny. Explicou-me que foi o vet dela que a convenceu a ficar com ele. Contou-me também que ele no início tinha ainda mais medo do que eu, e que agora já se dá bem com todos, humanos e gatos, 2 e 4 patas! Disse que foi lá vê-lo e ele se lembra de mim e me mandou turras e lambidelas! Era tão bom se eu o pudesse ir ver também, mas a 2 patas disse que Vila do Conde é muuuuiiiiiito longe e eu não ia gostar da viagem! Que pena! Gostas da imagem dele que te mostro? Está bonito, não está?

Enquanto elas comiam (e não me deram nem uma migalhinha para amostra!!!) eu estava a dormir refastelada no sofá, barriga para cima, sabe tão bem... E não é que a 2 patas me acordou outra vez com a luz daquela coisa preta que ela põe à frente da cara (e que põe a nossa imagem num papel, agora já sei isso, a Isolda explicou-me)? Caramba, estava eu a dormir em paz, espreguiço-me e, pumba, mais luz para cima de mim! Não percebo os 2 patas, para que querem eles imagem num papel se nós somos muito mais bonitos ao vivo e a cores?

Ah, há bocado a 2 patas entrou (que achas, diário, devo tratá-la por mamã Xana como fazem a Isolda e a Blimunda?) e disse-me que já não fiz diarreia, e que isso é muito bom porque assim não terei que ir ao vet. Ufff! Que alívio! Disse que a mamã Tânia perguntou se tinha acontecido alguma coisa antes de eu falhar o caixote. Se calhar foi por a Blimunda me ter ralhado, porque a porta de dia fica aberta, a 2 patas (mamã Xana???) só a fecha de noite. Não sei, não me lembro de ter acontecido nada. Estou é feliz por não ter que ir ao vet. Agora ela pode-me dar comidinha boa outra vez!!! Será que se eu a começar a tratar por mamã Xana ela me dá essa comidinha boa? Ouvi dizer que a chantagem emocional costuma resultar com os 2 patas (uns olhinhos melosos, um miadinho... e eu faço uns miadinhos muito giros quando converso com a 2 patas / mamã Xana). Tenho que tentar.

Bom, diário, a 2 patas / mamã Xana hoje já não parecia tão triste. Ela agora vem sempre falar comigo de manhã e de noite, e tenta brincar um pouco comigo. Estou a começar a gostar de falar com ela. Ela estende-me a mão mas não me tenta tocar, e isso eu gosto, porque os 2 patas às vezes querem-nos tocar à força e nós não gostamos. De vez em quando ainda me assusto se ela vem ter comigo de pé, porque ela é muito grande, e aí bufo-lhe para a avisar! Mas ela não me faz mal, isso eu sei!

Amanhã conto-te mais coisas, está bem, diário? Espero brincar outra vez com a Isolda.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 6 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/13 23:39 ":("

Querido diário,

Estou triste. A 2 patas chegou da rua há bocado e veio aqui ver-me. Depois de limpar uma coisa (já te falo disso) esteve a contar-me que há um sítio muito bonito para onde todos os gatinhos vão quando o tempo deles aqui na terra acaba. Depois disse que alguns gatinhos têm muito tempo, e outros têm pouquinho. Como o gatinho que ela levou ao veterinário, que só teve 3 ou 4 meses! Mas agora pelo menos está lá, e é feliz, de certeza. Ela garantiu-me que eu um dia também lá irei ter, e aí serei muito feliz. E disse que espera que eu tenha ainda muito tempo cá. Eu, como não sabia que mais dizer, disse "miau" umas três vezes! Estou a começar a entender-me com esta 2 patas (mas ainda tenho medo se ela se aproxima muito ou muito de repente).

Estou triste por outra razão. Ela disse que tão cedo não me volta a dar daquela comida tão boa de ontem, porque eu fiz uma coisa chamada diarreia! E ainda por cima ralhou-me porque eu fiz fora do caixote. Não sei qual é o problema, tapei muito bem tapadinho com areia que tirei do caixote! Se estava tapado, estava tudo bem! Mas ela, quando entrou na sala, perguntou logo:

-Ó Ísis, o que é isto?!! Areia no chão?!

Quer dizer, será que ela nunca fez nada fora do caixote dela? Pronto, aconteceu! Mas agora diz que comida daquela não me dá tão cedo, e também que é bom que eu não volte a fazer o mesmo senão lá vou ter que ir ao veterinário (não, socorro, nem pensar - a propósito, como é que ela planeia apanhar-me? ihihihihih.........)

Ah, e ela também me contou que amanhã vai conhecer um menino que já viveu comigo, quando eu vivia numa casa cheeeeeeeia de gatinhos! Chama-se Benny, é pretinho, e ela diz que ele hoje já veio visitar o site!

Olha, diário, vou ver se brinco um pouco, para me animar, se durmo, se como, que as noites são longas e a 2 patas não deixa ainda a Blimunda e a Isolda fazer-me companhia de noite. Diz que ainda não confia na Blimunda o suficiente. Será que eu consigo comunicar com o gatinho tigrado lá no sítio para onde ele foi? Vou tentar.

Depois conto-te mais coisas.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/13 16:37 "Outra vez no mesmo dia, para falar de outro gatinho!"

Querido diário,

A minha 2 patas chegou há bocado da rua muito triste. Esteve-me a contar o que se passou. Tocaram-lhe à porta e eram vizinhos dela, que ela nem conhecia nem nada, a perguntar se ela tinha gatos (obviamente eles já sabiam que sim, porque tocaram direitinhos à porta dela e não a outra), porque estava um gatinho lá em baixo que parecia ter caído duma varanda ou assim. Ela perguntou se ele estava magoado e quando disseram que sim nem pensou e desceu logo escadas abaixo para ver o gatinho (depois de ter a certeza que não era nenhuma de nós, claro). E, claro, pegou logo no gatinho e levou-o ao veterinário. O gatinho não está nada bem, sabes diário, mas parece ser forte, porque aguentou-se muito tempo. Ela diz que o veterinário lhe disse que ele deve ter lesões internas e que não sabe se vai sobreviver. Ficou lá a soro a ver se sobrevive, e depois logo se verá o que se lhe faz. Ela acha que ele deve ter sido atropelado, e está muito zangada porque esta é uma rua onde passam poucos carros e passam devagar, e não era preciso atropelar um gatinho, é só ir devagarinho e de olhos bem abertos! Ela pediu que eu te contasse isto, para que todas as pessoas que te leiam torçam por ele. Eu já estou a pedir por ele! Ela diz que ele é muito lindo, tigradinho amarelo, deve ter 3 ou 4 meses e é um menino. Pede a toda a gente que torça pelo gatinho, está bem, diário?

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/13 13:03 "Devagar se vai ao longe"

Querido diário,

As coisas por aqui vão avançando lentamente. Ontem à noite a minha 2 patas tentou brincar comigo, com o mesmo brinquedo do outro dia. Fiquei interessada, mas ainda tenho muito medo. Ela é um pouco esquisita. De tarde pôs-se a fazer umas coisas estranhas, a levantar os braços, depois as pernas, não percebi. Fiquei a olhar para ela a ver se entendia, depois fui para a varanda, não fosse ela estar a fazer alguma coisa de mal...*
Ontem à noite, também, deu-me uma comida tão boa, molezinha e com molhinho (igual à que a mamã Tânia me dava) que eu quase me esqueci de onde estava e fui a correr para o prato ainda ela lá estava. Reparei a tempo e fugi, só fui quando ela saiu. Então comecei a ouvir do outro lado da porta (que estava fechada) a Blimunda e a Isolda:

-Também que-e-e-e-ro! (Isolda)

-Exijo essa comida! (Blimunda)

Bom, a 2 patas voltou atrás e roubou (sim, ROUBOU da minha comida) uns pedacinhos para elas. Mas eu não me importo, porque sou uma gatinha com um coração de ouro, e apesar de elas serem umas bolas (ao contrário de mim, que sou elegantíssima...), não me importo que elas partilhem da minha comida.

Agora as coisas vão andando, a Isolda já quase não me bufa, a Blimunda é que tem sempre que fazer o seu aviso quando me vê. Mas é cada vez com menos convicção. Acho que não tarda nada convido outra vez a Isolda para brincar, porque ela fica a olhar para mim com um ar tão curioso, que estou convencida que é isso que ela quer. E convenhamos, umas corridinhas pela casa só lhe faziam bem! Só que quando a Blimunda aparece ela não lhe quer desobedecer e vai-se embora. Acho que realmente a Blimunda é quem manda, e a Isolda obedece! Bem, diário, isto vai ter que ir devagarinho, não é?

Beijinhos

Ísis


(*COMENTÁRIO DA 2 PATAS: Era ginástica!!!!!)

... Comentários ( 6 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/12 11:28 "Pois é, cá estou eu!"

Querido diário,

Já aprendi para que é que serve a coisa preta com luz que os 2 patas põem à frente da cara. Que achas do meu perfil? Sou bonita, não sou?

Bom, vim só dizer-te como andam as coisas. Hoje de manhã convidei a Isolda para brincar, mas se calhar ainda é cedo, ela bufou-me. Acho que ainda não confia muito em mim. A Blimunda encurralou-me na casa de banho. Fui explorar um pouco, e quando dei por mim estava na casa de banho e a Blimunda à porta a protestar. Depois deixei de a ver e achei que já era seguro voltar para o meu sítio, só que tive que passar por ela e ela ralhou-me muito. Mas sabes que a Isolda esteve dentro da casa de banho comigo e não me bufou nem nada? Estou muito contente! E hei-de conseguir conquistar a Blimunda também, diário, é só dares-me tempo e vais ver!

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/11 12:21 "Tou a começar a gostar de estar aqui!"

Querido diário,

Ontem vieram cá três 2patas!!! As duas de anteontem e uma nova. Desta vez a minha duas patas veio ao mesmo tempo. Bom, não me senti nada bem com tanta gente no mesmo sítio que eu! Primeiro tentei dormir, mas elas estavam sempre a olhar para mim e eu não me senti à vontade para fechar os olhos. Como era muita gente, decidi sair de lá. Fui explorar o resto do território. Primeiro refugiei-me lá num caixote grande que cheira muito à cinzenta. Ela aproximou-se de mim e finalmente apresentou-se:

-Ouve lá, miúda, eu chamo-me Blimunda e nesta casa MANDO EU. Ou te portas bem ou teremos que tomar novas medidas. Para começar, esse caixote é meu, a mamã Xana [deve ser o nome da 2 patas] pô-lo aí para mim, e só a Isolda é que pode ir para aí, porque EU autorizo. E o caixote pequenino ali em frente, não lhe toques nem com uma unha! TAMOS ENTENDIDAS? HMFF!

Bom, face a isto achei melhor sair de lá, mas primeiro deixei a Blimunda sair da minha frente. Tenho-lhe respeitinho. É melhor, ela é grande. Fui explorar outros sítios. Fui ver a cozinha. Debaixo do fogão está-se bem, cheira à Isolda, e eu simpatizo com a Isolda (que já não me bufa nem nada). Na varanda tem um vaso com umas ervas saborosas. Provei e gostei.

Uma das 2 patas a certa altura mostrou-me um fio, e agitava-o à minha frente. Eu estava cheia de vontade de brincar, mas não confio nela. Era a que eu nunca tinha visto antes. A minha 2 patas (para mim ainda não é mamã Xana, lamento) trouxe outra coisa mais jeitosa para brincar, um fio com umpapel atado na ponta. Já confio um bocadinho mais nela, ainda brinquei um pouquinho, mas tenho medo...

Passado um bocado sairam todas e deixaram-me sozinha. A porta ficou fechada. Mas a minha 2 patas acabou por voltar e pôs-se a fazer uma coisa esquisita. Tinha uma tábua à frente, punha-lhe panos em cima e calcava-os com uma coisa quente que deixava sair vapor. A Isolda explicou-me que ela faz isso várias vezes, e elas não percebem porquê, porque depois os panos ficam enrolados outra vez. Mas ela também me explicou que quando ela faz isso pousa os panos em cima do sofá e é muito fixe para nós nos deitarmos em cima. Principalmente no Inverno, quando está frio, porque os panos saem quentinhos. Ainda pensei fazê-lo, mas tive medo...
Em vez disso fui explorar um pouco mais, e fui até um sítio novo. A Blimunda estava lá e protestou muito:

-Não gosto que venhas para aqui, este sítio é só meu e da Isolda. É onde a mamã Xana dorme e nós tomamos conta dela para que não lhe aconteça nada. Aqui não entras!

Protestou mesmo muito, tive medo. A 2 patas acabou por ir lá e eu achei melhor voltar para o meu lugar. Ela fechou a porta! Que pena! Fiquei lá dentro com ela, até que ela saiu e me deixou sozinha.

Sabes, diário, tenho a certeza que se não fosse a Blimunda eu e a Isolda já seríamos amigas, porque ela já não me bufa. Passa por mim e faz de conta que não me vê, para a Blimunda não se zangar com ela, e só vem falar comigo se a Blimunda não estiver por perto. Tenho pena que seja assim, mas acho que vou conseguir conquistar a Blimunda. É só uma questão de tempo. Ela parece que tem medo de mim. Será que ela tem medo que a 2 patas deixe de lhe prestar atenção?

Olha, diário, agora estou aqui sozinha, vou dormir mais. Espero que a 2 patas não passe o dia todo fora. Gosto mais quando ela está cá.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/10 00:48 "Terceiro dia - acho que estou a começar a gostar!"

Querido diário,

Ontem à noite diverti-me muito. Onde eu estou tem umas mantas muito giras, e uma renda em cima da mesa com uma coisa pesada em cima. Bom, esta já não tem, a 2 patas tirou-a hoje de manhã... Mas eu só fiz o mesmo que vi a Isolda ontem fazer, que foi brincar com a renda. É mesmo giro, enrolei-me nela, fartei-me de brincar. A 2 patas não tirou aquilo por causa da Isolda. Será que tirou por minha causa? Não acho justo! Bem, ao menos deixou as outras duas mantas, uma no sofá outra numa cadeira de baloiço, é muito fixe para eu enrolar tudo! Esta sala tem sítios fixes para brincar. Só gostava era de poder brincar com as duas gatinhas... Hei-de conseguir conquistá-las de vez, só tenho é de ter paciência!

Hoje tive visitas. Vieram cá duas 2 patas que eu não conhecia. Ou melhor, uma delas vi no outro dia quando fui trazida para aqui. Mas a outra nunca tinha visto. Acordaram-me do meu soninho, que me estava a saber tão bem. Tive uma tarde mesmo descansada. A 2 patas cá de casa deixou a porta aberta e saiu, e pude travar mais algum conhecimento com a Isolda e a cinzenta. A cinzenta não me diz o nome. Na verdade, acho que ela não simpatiza muito comigo. Desconfio mesmo que tem um bocadinho de medo de mim. Não sei porquê, eu sou muito querida, nunca faria mal a ninguém. Será que ela não entende? Fico um bocadinho triste, até porque tenho que lhe dar umas bufadelazinhas de aviso, não vá ela atacar-me. Espero conseguir conquistá-la.
Bom, quando as duas 2 patas chegaram, a Isolda e a cinzenta tinham desaparecido já há algum tempo. Não fui à procura delas, porque tenho medo, fora desta sala há o desconhecido. Ontem fui um bocadinho, e a cinzenta estava lá e mandou-me voltar para dentro da sala. Achei melhor obedecer. Por isso quando elas desapareceram deitei-me e dormi. Estava eu descansadinha da vida aparecem-me elas... Já não se pode dormir em paz! Bem, pelo menos deram-me qualquer coisa para comer. A minha 2 patas apareceu depois e também me deu de comer. Assim é fixe. Só que eu estava com tanto sono, queria dormir e elas não se iam embora. Acabei por adormecer mesmo, estava tão cansada. Acordei com uma luz. Estas 2 patas também traziam uma daquelas coisas pretas com luz e uma delas pô-la à frente da cara. Tenho que descobrir para que serve aquilo. Será que a Isolda sabe? Houve uma luz brilhante algumas vezes, duma delas até acordei. Mas olha, diário, cheguei à conclusão que não há perigo em dormir à frente das 2 patas, elas não me fizeram nada. Até parecem simpáticas, mas são tão grandes!

Bom, diário, vou brincar um pouco, que as noites são longas e a 2 patas não deixa a porta aberta de noite. Gostava de poder passar a noite a brincar com as gatinhas, como fazia com a Boneca (a minha companheira na casa da mamã Tânia), mas se calhar elas não querem ainda. E eu tenho um bocadinho de medo delas. Amanhã conto-te mais coisas.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 2 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/08 15:29 "Segundo dia! Isto está mais animado!"

Querido diário,

Uff! A noite já passou! Consegui que a 2 patas não me visse, mas ela é chata, vem cá procurar-me muitas vezes. Bom, a comida não é má, a casa de banho é limpa (menos mal). Ah, e a duas patas está bem treinada, limpou a areia hoje de manhã. Agora é cada vez mais difícil arranjar 2 patas que saibam fazer as coisas sem ser preciso mandar-lhes ou ensiná-los.

Há bocado a duas patas abriu a porta e as duas gatinhas entraram. Bom, isto interessou-me. Achei que era melhor sair do meu esconderijo e ir conquistar as duas meninas. Parecem simpáticas, embora se estejam a armar em duras. Bufam, mas com tão pouca convicção que não me alarmam. A preta parece mais simpática, já trocamos umas cheiradelas de narizes e ela já me disse que se chama Isolda. A cinzenta parece que tem medo de mim. Mas eu não lhe faço mal! Aliás, se ela quisesse batia-me, que ela é maior do que eu! Mas não bate. Eu bem vejo nos olhos dela que ela não bate. É só fanfarronice.

Bom, tenho saudades da mamã Tânia, esta 2 patas é muito grande! Há pouco, estava eu sossegadinha no cimo do sofá, apareceu com uma coisa preta à frente da cara, estava eu precisamente a perguntar à cinzenta o nome dela. A coisa preta tinha uma luz. Pelo sim pelo não fui-me esconder. Que falta de sentido de oportunidade!

Bom, diário, depois escrevo-te mais, agora vou tentar continuar a conhecer as duas meninas.

Beijinhos

Ísis

... Comentários ( 7 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/08 00:13 "Primeiro dia - o que estou aqui a fazer?"

Querido diário,

Que dia que tive hoje! Que fim de dia! Nem queiras saber. A tal senhora de que a minha última mamã me falou apareceu hoje. Fugi dela, enfiei-me no primeiro buraco que vi, e quando me dei conta a minha mamã fechou a entrada do buraco e eu já não pude sair. Nem imaginas, nem me conseguia mexer com o medo. Deixaram-me lá muito tempo, levaram-me para a rua. Tanto barulho! Depois um duas patas qualquer espetou-me uma coisa no cachaço. Doeu, mas eu não lhes dei o gostinho de me queixar!
Depois meteram-me noutra caixa e levaram-me para um sítio novo. Primeiro deixaram-me lá muito tempo. Duas gatinhas, uma cinzenta e uma preta, foram-me cumprimentar. Elas não foram muito simpáticas, bufaram-me, mas eu, que consigo ver mais longe, já percebi que no fundo elas são muito simpáticas e meigas, precisam é de ser conquistadas. Pressinto que vamos ser boas amigas, mas eu vou ter que trabalhar bastante para as conquistar. Vou tentar ser simpática, e acho que elas vão gostar de mim.
A duas patas desta casa é que não sei, estou farta de conhecer duas patas! Não acham que já chega de mudanças? Deixem-me sossegada um pouco. Tenho saudades da minha casa! Será que nunca mais vou ver todos os meus amigos? Eram tantos... Recordo os cheiros deles. Esta casa tem outros cheiros. Cheira às duas gatas e à duas patas. Agora estou aqui escondida, para a duas patas não me encontrar. Ela há pouco entrou aqui e não me viu, nem vou dizer onde estou para ela me deixar em paz. Eu bem a vi procurar-me, mas fiz-me o mais silenciosa possível, o mais pequenina possível e ela não me viu. Foi por um triz, mas não me viu! Pelo menos deixou-me comida e água, não é uma duas patas má de todo! Só espero é fazer rapidamente amizade com as duas gatinhas. Estou ansiosa por lhes perguntar os nomes.

Beijinhos

Ísis

Será que a mamã Tânia me vem ver mais vezes? Espero que sim! Gostei dela e de estar em casa dela, a outra gatinha que lá estava era mesmo fixe, fazíamos festas espectaculares juntas! Éramos amigas da nossa primeira casa. Vou ter saudades dela...

... Comentários ( 10 ) ...

Autor:
bixana (Alexandra Soares )

Visitas: 4350

Mais Diários deste autor:
  • Meu nome é Munda... BLImunda
  • Isolda, a pantera negra
  • Mafalda, a nova rainha da casa
  • TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus