Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Donzela Fisgueira"

[ Europe/Lisbon ] 2006/08/24 15:33 "Episódio 12- Estou de volta ;)"

Pois é verdade, peço desculpa ao leitors deste diário mas, de facto tanta coisa acontedeu desde que escrevi aqui pela última vez...
Após as aventuras que antecederam este relato, muitas coisa aconteceu, alguma poderam ver no albúm. Como a Donzela e o NEstum se tornaram inseparaveis, ao ponto de ela Nem abrir uma porta, miava e ele vinha. Ou seja era uma rainha. Mas em Dezembro começamos a notar o Nestum diferente, mas magro e abatido, até pensei que seria ele a reagir á sua nova mana humana que estava para chegar. Mas resolvi leva-lo ao vet. Este internado 3 dias, muito fraco com uma anemia severa, paragem do funcionamento dos rins e o meu ruivinho deixo-nos. Foi no dia 16-12-05 e parece que foi agora. Escrevo estas palavras e doi-me o coração, por saber que ele não conheceu a Marta e agora o novo membro da familia (fica para o próximo episódio). A falta que ele me faz no dia a dia, com o seu olhar penetrante e sábio. Aí meu ruivinho que saudade deixaste nos nossos corações.

um texto que escrevi a quando a sua morte:

« A história do meu ruivinho
Um dia a minha mãe disse que a gatinha de alguém conhecido tinha 3 gatinhos e um deles era ruivinho. Como uma criança pedi à minha mãe para me levar lá para ver! Afinal era uma preta e cinza e dois ruivinhos, mas um deles era pequenino, era sempre empurrado pelos outros e com dificuldade de chegar à mãe. Naquele momento vi que serias tu o meu menino que juntos seríamos muito felizes. Esperei impaciente pelo dia em deixasses de mamar e virias comigo para casa. Quando essa hora chegou, já tinha o enchoval todo em casa, sai contigo nos braços orgulhosa do meu bebé.
O pai Sérgio é que não estava muito de acordo, até disse “Só vai se ficar Nestum com mel, hehehe” pensava ele que não iria gostar, Adorei e ficaste o meu Nestum. Depressa aprendemos que eras muito Sr. do teu nariz, tinhas a tua personalidade vincada e no teu direito dei a liberdade que querias, só vinhas ao colo quando querias e entendias. Amei-te por seres tu mesmo e não um submisso. O dia chegou em que esperava o meu filhote humano e o teu comportamento alterou-se, eras mais carinhoso, mais atento, sempre pronto a tomar conta do “maninho” que estava na minha barriga. Vocês lá se entendiam tu deitado em cima da barriga, ele mexia-se e tu “-hum!” reclamavas, e eu sorria feliz por ver os meus amores com uma ligação tão linda. Quando o Gustavo nasceu, assim que chegou a casa, não mostras-te ciúme muito pelo contrário, assumiste o teu papel de “mano velho” e assim foi. A ti entreguei sem receio o meu Gustavo, sabia que nunca o magoarias, cresceu a saber que te devia respeito e amor. Depois veio a Donzela uma gatinha doida que te veio dar a volta à cabeça, fazia-te todo o tipo de diabruras mas tu sabias “é nova não pensar!!” tinhas paciência com ela mas reclamavas comigo, e eu toda babada os meu meninos todos felizes, reclamava da confusão das correrias, mas sempre inchada de orgulho pois tinhas o gatão mais lindo, o meu filhote mais velho que me ajudava a impor respeito
Estiveste comigo nos bons e nos maus momentos, sempre com o teu ar fofinho. Foste o 1º a saber que vinha outro bebé a caminho, tu até disseste e eu não percebi. Novamente assumiste o teu papel de “mano velho” e sempre que podias vinhas falar para a barriga da mamã.

Agora não está cá e a dor é tanta, o Gustavo pergunta por ti, quer o “amigo Nestum”, com ele eu explico e com o tempo irá perceber. A Donzela procura-te pela casa, chora olha para mim e pergunta onde estás, mas eu não sei como lhe explicar, sabes que ela sempre foi meia “cabeça-no-ar”.

Não pude estar contigo quando os teus olhos se fecharam pela última vez, mas o meu coração estava contigo, eu nunca te abandonei, sentiste o meu espírito a afagar-te o pêlo? Sentiste o meu amor eterno por ti? Fui deixar-te na terra, junto a uma árvore onde brinquei muitas vezes em pequena, é um sitio especial para alguém muito especial.

A dor de não te ter aqui é terrível, tenho pena que a Marta não tenha a possibilidade de te conhecer, mas vocês já se “falaram”, agora és o meu anjo no céu continua a cuidar dos teus “manos” olha por eles como sempre o fizeste, é tudo que o meu coração te pede.

Adeus Ruivinho da mamã, vou-te amar para todo o sempre…»

e uma dedicatória do "papá"

«Teus olhos eram farois,
que iluminavam esse teu pêlo macio.
Mas meigos e ternurentos

O teu andar, era triunfante...
E quando paravas? - tudo o resto era horizonte.

Obrigado por tudo...

E Segue...Leva um abraço amigo...
Segue, agora, o teu destino que cá...
não ficarás esquecido...

Para todo sempre....»


Ao inicio foi muito dificil (ainda é por vezes :( ) mas um dia após o outro...

NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO, PORQUE NÓS TAMBÉM NÃO
Prometo que não vai ser tão lamechas ;)

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/09/09 20:12 "Episódio 11 - Paraquedismo em queda livre"

Possivelmente a menina Donzela achou que a vida estava tão rotineira, que eu nem tinha assunto para o seu diário, que....
Passo a contar:
"Era hora do almoço, como sempre estava a dar a sopa ao Gustavo e a falar para o Nestum a dizer que a Donzela era a mesma preguiça de sempre que só se levantava da cama á uma da tarde. Mas o Nestum só punha a cabeça á mostra dizia "méu" e desaparecia na lavandaria (que é o quarto deles).
Chamei a Donzela e nada ...hum.... o meu sexto-sentido disparou. Saltei logo para a varanda e olhei para baixo, lá estava ela olhou para mim e começou a berrar, como no dia que a encontrei...
Fui á vizinha do lado, não estava, peguei no Gustavo (que só repetia "caiu, caiu, caiu", tudo isto em versão flash. Corri para a garagem que dá acesso á parte de trás do prédio de 2 blocos, sempre com o medo de que a Donzela decidisse saltar o muro e fugir para um dos terrenos agriculas do lado e não a visse mais.

Quando cheguei ao portão da minha vizinha do rés-do-chão (que também não estava em casa), tinha começado a chover e eu com o Gustavo ao colo, chamamou pela Donzela, que miava ainda mais alto mas não de mexia de onde estava (sufoco)
Olhei para a outra vizinha do rés-do-chão, e ela estava (salva), pedi-lhe para ficar com o menino e lá fui eu empoleirar-me no portão.

Da minha varanda o Nestum, olhava para baixo, olhava para mim e miava. Ao que eu respondia " o Nestum, vê se a convences que eu não estou a conseguir!!!", Passado um bocado, sentou-se na cadeira, até parecia o Rei Leão ;)

Passado algum tempo, que me pareceu uma eternidade, consegui que ela viesse até ao portão, mas só lhe conseguia tocar na ponta das patas. rrrrrrrrr, parecia um filme de suspense. Táva-me a passar. Não queria invadir propriedade alheia sem o conhecimento dos donos!!
Mas já não aguentava mais, depois de N tentativas, decidi avançar o muro, que me dava pelos ombros.

Melhor dizer que fazer, noutros tempos trepava a tudo, arvores, muros, portas, na altura ganhei alcunhas como "macaca" e "cabra-do-monte" (mas acho porque também era muito refilona ;) )
Agora com uns quilos a mais, mas muito orgulho acumulado...

Saltei, da-sssssssssssss, consegui. Mas a Donzela com o barulho da minha habilidade (CABUM) escondeu-se e tive que andar, naquela posição pouco digna ;) !!!
Consegui apanha-la, agarrou-se a mim como uma aranha, parecia uma cigana com um filho ao colo. Fui Agradecer á vizinha e buscar o Gustavo para ir para casa. No caminho o Gustavo entendeu que tinha os mesmo direitos que a Donzela e lá tive eu que ir armada em galheteiro, com um de cada lado.
Quando cheguei a casa, estava que parecia uma enfarruscada. Mal a pus no chão foi logo ter com o Nestum, depois foi comer e beber alguma coisa. Ainda estive a ver se tinha ferimentos, mas não encontrei nada.
Logo a seguir tive a comprovação que tudo estava bem. Subiu ao móvel da sala e atirou-me uma jarra ao chão, por solte não partiu.
Já não sai de casa nesse dia com o receio de outra aventura. Passou o resto do dia muito chorona e mimalha (ainda mais que o costume) a dormir no sofá da sala.
Agora, já tenho uma rede na varanda, mas ela vai para cima do corrimão :mad: !!!!"
E assim acaba mais uma emissão ;)

NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PORQUE NÓS TB NÃO!!!

... Comentários ( 4 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/19 23:32 "Episódio 10 - "2ª ida ao vet.""

Hoje a Donzela foi ao reforço (vacina) e estou abismada. Apesar de o Nestum se ter comportado bem na 1ª ida ao vet. , nunca mais repetiu tal, muito pelo contrário é bastante conhecido na clinica pelas piores razões. Por isso tava á espera que esta ida da Donzela fosse um verdadeiro calvário, mas a "rapariga" não para de me surpreender, estava visivelmente assustada mas até deu uns romrons á vet. , mesmo quando ela a estava a auscultar :)
Nem piou com a "pica", foi desparasitada, até fez manicure sem protestar.
Fiquei, naturalmente babada quando a vet. disse que ela estava muito linda (baba baba baba) e muito mimadinha. É que na cestinha tinha montes de brinquedos e uma espécies de "tupperware" com papinha (que é o que a acalma). Sou uma mãmã babada. Só arrebitou as orelhas, arregalou os olhos e soltou um MMÉÉÚUU na parte do termómetro.
Até eu...bolas acho que isso deixa qualquer um esbugalhado, né?
Como se portou bem este episódio é curto mas...
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PQ NÓS TB NÃO.

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/15 23:25 "Episódio 9 - "Assim vai o Reino de Nestum...""

Donzela:
"Pois é antes era o Reino de Nestum, bem na verdade ainda é, mas quando ele já tá muito cansadito eu até pareço uma Rainha!!!
As coisa andam um pouco rotineiras, então resolvi divertir-me com o meu (nosso) WC!! Primeiro escavo, escavo, escavo, escavo, até começar a sair a areia para fora e o nestum e a mãmã já estão a espreitar lá para dentro a ver se está tudo bem. Depois posiciono-me e pisco muito os olhos. Escavo, escavo, escavo e vou dar uma voltinha, brinco com as pedrinhas que atirei pelo wc fora.... Passado um bocadito volto lá e tiro umas bolinhas castanhas que ficam com pedrinhas agarradas e vou brincando e resolvo leva-las para a sala para os manos brincarem também. O nestum não liga muito, mas o Gustavo delira e a mãmã é que delirou mais quando descobriu e começou a dizer "ai jesus, ai jesus!!!" Não sei quem é deve ser algum 4 patas ou um 2 patas, não sei! Mas vem logo brincar ela com as minhas bolinhas castanhas e é gulosa, porque levas-as com ela. E dá tanto trabalho fazer as bolinhas!!! Tenho que comer, beber, escavar, piscar muito os olhos, esperar para elas ficarem no ponto e quando estamos a curtir... ela vem e rouba...
Ela que faça as bolinhas dela e vá brincar, só para ver como dá trabalho"

E NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PORQUE NÓS TB NÃO!!!

NOTA: Donzela-"anda com uma conversa que tá na altura de ir... levar uma pica, não tou a ver, mas depois conto..."

... Comentários ( 5 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/08 01:03 "Episódio 8 - "quando fôr grande...""

Donzela Fisgueira:
" Agora descobri que a mãmã tem bué de pêlo, adoro subir para o colo dela, faço o meu romrom, fico cheia de soninho e de repente....olha acho que vou brincar com o pêlo da mãmã!!!
Ela começa a reclamar ai pr´aqui ai pr´ali, não percebo nada. E já sei fazer habilidades consigo ficar pendurada até chegar ao chão e mesmo assim não largo. Bué radical"

Pois é esta é a nova modalidade cá em casa tenho que andar com o cabelo preso, pois ela começa a "agarrar" o cabelo e espeta-me as unhas em todo lado, parecem agulhinhas.

Não é novidade para mim pois a Mica tb me lambia o cabelo mas como se estivesse a lamber o pêlo a outro gato, essa era muito melada, começava pelo cabelo e lambia-me a cara toda. Quando lhe pedia um beijinho lambia-me o nariz, punha-a no meu colo e dizia para ela dormir e ela deitava a cabeça na minha mão, sempre que lhe dizia-mos para ir para uma divisão ela ia exactamente para essa... :'( ..... :( ..... :) ..... :-)
Foi só uma ataque de nostalgia, por vezes a saudade aperta!!!

nota:
E ainda bem que tenho protectores de tomadas (por causa do Gustavo) pois a "menina" adora lá meter as patas.

NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PQ NÓS TB NÃO

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/07/03 21:23 "episódio 7 - "Acaba comigo, vai!!""

Pois é antes andava a Donzela atrás do Nestum e ele ...na paz...tou nem aí!
Agora começamos com as aulas de educação!!! Passo a explicar:
A Donzela passa a vida a arreliar o Nestum mas agora ele dá-lhe troco, dá-lhe prás orelhas, dá-lhe para onde calha, aperta-a até ela dizer :"nheum" e o Gustavo começar a gritar (não conheço a terminologia para gritos estridentes) com o Nestum e eu a ralhar com eles para estarem quietos e calados.
Tiro a Donzela da confusão, preocupada, e faço uma revisão para ver se ela se magoou, vejo também o Nestum pois ela é pequena mas morde e arranha-o também. Passado um tempo está ela de barriga para cima á frente do Nestum e começa dar-lhe com as patas até que ele recomeçar o reboliço.
Ela está ou não a pedi-las: "Acaba comigo, vai!! Mi trata mau"
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO, PQ NÓS TB NÃO!!!

... Comentários ( 6 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/26 16:49 "Episódio 6 - "Batalha campal""

Por onde começar....
O meu apartamento está ....transformado... em pista de atletismo.
Agora de manhã á noite, (apenas intervalando para as sestas) é a Donzela a desafiar e foge, o Nestum corre a trás, as curvas e desvios são feitos de ouvido, PUM TRÁZ PÁZ é o barulho dos encontrões nas portas, paredes enfim tudo que não se saiba arrumar dos "atletas de Alta-competição". E eu aflita a correr a trás com medo que a "menina" se magoe mais na cauda...treta é ela que começa, pegava nela ao colo e ela saltava , já na direcção do Nestum para recomeçar a festa.
Como nunca tive dois gatos no mesmo espaço de tempo, não estou por dentro das brincadeiras, tenho noções de comportamento felino (muito Nacional Geografic, Odisseia, Discovery e outros que tal) mas quando o Nestum me abocanhava magoava-me e faz a mesma coisa á Donzela e fico com receio que a magoe, são 4 anos e 6 kgs contra 3 meses e 1,200 kg.
Então começo "- Meninos, juizo!!! Nestum, Donzela quietos já chega!!! GUSTAVO não te metas". Pois porque o mano do meio ri-se como um tolo a ver o reboliço e toca de também querer meter o nariz do meio. Agora anda de gatas atrás do Nestum e da Donzela.
O Gustavo é o devoto adorador dos manos felinos, como se vê na foto. Anda atrás deles baixa-se, encolhe o nariz, estica a mão, esfrega o polegar e o indicador e diz "iiiiiiiinnhhhhaa", quando eles estão deitados vai roçar a cabeça dele, ora no Nestum ora na Donzela como se fosse um gato.
O Nestum sempre achou que era humano, agora tenho um filho que se acha gato...
Bem, já se sabe....NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PQ NÓS TB NÃO!!!

... Comentários ( 3 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/23 00:16 "Episódio 5 - 1ª visita ao vet."

Ontem quando a Donzela estava, como sempre, no miminho encontrei um doidoi na cauda, fiquei logo a suar.. :rool:
Já tinha destinado ir ao vet, para começar as vacinas, mas com a preocupação só sonhei com isso. Assim que pude fui, logo de manhã, à vet. deixei o Nestum em casa (pois com ele só em último caso o levo lá), o Gustavo foi para os avós. Como A Donzela adora andar de carro (adormece como um bébé) não tive problemas. Chegada á clinica risota quando contei que ía abrir ficha para a "Donzela Fisgueira". Pois a última vez que lá tinha estado foi quando a encontrei, fui lá para a desparasitar e deixar o meu contacto caso surgisse alguém que a adoptasse (que inocente lol).
A vet. disse que ela estava muito bem fez-lhe o exame, tudo bem, a cauda vai sarar (algum acidente de percurso antes de eu a encontrar), a vacina... nem piu, o termómetro... MIAU. Coitadinha o termómetro era do tamanho dela. Enquanto acabava a conversa com a vet., a Donzela foi para a sua cestinha comer do seu "tupperware" de papinha (para acalmar :) ). A menina está muito bem, com 1,200 kg, lá para o Natal "vai á faca" (esterelização 90 euros BOOOLLLAAASSS).
Para compensar a Dra mandou uma amostras de ração, mas mandou também para o Nestum (ele podia sentir descriminação ;) ).
No caminho silêncio, mal cheguei a casa pus a cestinha no chão ao pé do Nestum, quando ela saiu, nariz com nariz com o Nestum, ligou logo o "motor" (romrom), começou logo aos saltos e atirar-se ao Nestum, Ele nem lhe ligou porque sentiu o cheiro do vet. e ficou tipo câmera lenta a cheirar tudo, enquanto ela saltava como uma tolita.
Ao fim da tarde quando regressei a casa, dei-lhes as amostras de ração, acabei por misturar já que eles comem tudo junto. Estavam a comer com tanto gosto, que o Gustavo também queria!!!! LOL
O que acho piada é o Nestum que Suspira, não é bufar, suspira (como os humanos) quando a Donzela lhe "consome a paciência". Isto só visto....
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO, PQ NÓS TB NÃO...

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/20 21:23 "Episódio 4 - Desaparecimento"

Cada dia uma aventura...
Como a Donzela é "gata fisgueira", daí o 2º nome, toca de se meter em tudo que é buraquinho. Corre a casa toda ora á frente do Nestum ora atrás dele, faz-lhe esperas atrás das portas e toma lá "bolachas maria" e ele arruma-se.
Pareço uma mãe que depois do 2º filho o mais velho parece enorme. Se eu achava o Nestum grande e pesado agora nem se fala lol.
Mas voltando ao tema do episódio...
Ontem, á noite, já tudo tombava de sono pela casa, o Gustavo na sua cama, Nestum debaixo da mesa da sala (novo local de eleição, é que o Gustavo já caminha para todo lado mas não vai para lá por causa das cabeçadas, aprendeu mesmo assim: á cabeçada), o meu marido a ver a tv (de olhos fechados) e a Donzela... :roll:
...Onde anda a Donzela? Começei por procurar nos cantinhos todos, na calma... A porta que dá acesso á varanda estava aberta e como o Nestum da idade dela atirou-se do 2º andar...
Entrei em pânico, com uma imaginação fértil a dar frutos maduros... fui espreitar lá para baixo, tipo um olho fechado e outro por abrir....nada.
Vim para a sala e sentei-me no chão a tentar pensar como uma gatinha de 3 meses... quando olho para o cesto dos brinquedos e vejo um brinquedo sem pilhas a mexer-se, espreguiçar e olhar para mim: -"Isto são horas de andar a fazer reboliço?!"
Peguei na máquina fotográfica a rir (e a suspirar de alivio) e tirei esta foto.
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PQ NÓS TB NÃO.

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/19 15:12 "episódio 3 - o controle é total"

Donzela Fisgueira já manda em tudo, ontem depois da formula mágica Gato+gatinha=partes de ave. Passou a estar mais confiante.
Dorme na cama do Nestum, na do Gustavo,na minha, sobe para os sofás, redecora a casa.
Como já dorme no mesmo "quarto" com o Nestum, já se dão como irmãos... ela abusa e ele olha pra mim :roll: "senão tivesses a ver dáva-lhe uma bolacha maria que ela até dava um mortal á retaguarda" :-) . O Nestum põe-se a dormir e ela manda-lhe uma palmada e foge para ao pé das minhas pernas.
Ontem tava eu aqui no felinus a ver as novidades, com a mais nova a dormir no colo, quando a ouço suspirar e pensei "que fofinha"...segundos depois "o filha que bombinha de cheiro". A Donzela gosta de comer a comida do Nestum, mas ele come a dela, fica tudo em familia. Resumindo, tal qual um bébé tá naquela fase de respirar com mais força e com o sono baralha-se e é mesmo...pelo outro lado...assim pelo...no fim das costas início do rabo.
Sim, porque quando chega a hora da dormir venha que vier, até o Nestum alinha.
Em 1/2 semana passou da envergonhada, sossegadinha para aqui mando eu, até tenho o comando.
E já sabem NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PQ NÓS TB NÃO

... Comentários ( 1 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/18 13:36 "episódio 2 - em familia"

Hoje de manhã, resolvi fazer as mudanças, como ela come a comida dele e ele a dela. Todos para o mesmo quarto. O meu medo é que a lavandaria dá para uma varanda com grades espaçadas num 1º andar. Como o Nestum quando era da mesma idade mandou-se do 2º andar de casa dos meus pais...
Tive que sair por um pouco e fui sempre a pensar que chegava a casa e ou o Nestum tinha dado um chapadão á "menina" ou ela tinha-se mandado lá para baixo.
Escusado será dizer que a primeira coisa que fiz mal entrei em casa foi correr para lá (bem foi só dar uns passitos, a casa não é grande ;) ).
Abro a porta e ....penas, uma pequena víscera, uma pata.
Ora se são dois gatos sem penas que se passou...
Fica mais um mistério da 5ª dimensão, tive que lutar com a "menina" para lhe tirar as penas da boca, limpei os "aposentos" (sempre com medo de descobrir um corpinho despedaçado) e nada.
Conclusão: Se juntas um gato grande e uma gata pequena, é igual a partes de uma ave. Será uma nova formula matemática? Dará para o Nobel?
NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO, PORQUE NÓS TB NÃO. :)

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2004/06/17 23:18 "Episódio 1 - Chegou e disse"

Tanto pensei no assunto "devo ou não arranjar uma companhia para o Nestum", quando já estava a mentalizar-me, eis que surge Donzela Fisgueira (Menina) tal como D. Sebastião no meio do nevoeiro, aparece do meio de um arbusto a gritar como se o mundo fosse acabar.
História completa da sua chegada em :meus animais ->Donzela Fisgueira
No primeiro dia o Nestum ficou com síndrome "vaca" MMMUUUU
No segundo dia foi a "asma" ffffffff
No terceiro põe-se em cima de uma cadeira, armado em mau, mas esquece-se que o rabo a dar a dar é a única coisa que ela vê e pimba ela atira-se. É uma galhofa.
Quem adora tudo isto é o Gustavo (meu filhote de 13 meses), que se consola a correr atrás da "menina" seguido do Nestum (mano Velho) a controla todos. O Nestum já tinha o assunto controlado com o Gustavo, sentava-se á porta da divisão onde ele estivesse a brincar. Eu ficava descansada que o Gustavo não saía de lá (respeito ao mano velho).
Agora o Nestum tem que controlar dois, ainda por cima uma menina rebelde que não respeita o "mano".
O que mais me abisma é a passividade dela, tomou banho no primeiro dia, estava eu pronta para o berreiro...nada sossegada, serena. O Nestum um gatão a assanhar-se para ela... nada nem miar...só "para que lado é a comida e dormida". Chega à horinha dela sobe para o cesto da roupa (sua cama de eleição) e lá fica a dormir, o mundo pode vir abaixo que ela lá fica no seu canto.
Levei-a a casa dos meus pais para a apresentar a "neta" mais nova. Deitou-se no colo do meu pai, romrom, trocava os olhos com o sono mas não parava de olhar para ele como que "será que se eu fechar os olhos acordo deste sonho!?!?!?".
Estou a tentar arranjar uns papás que a adoptem, mas tem que ser rápido porque em 10min. conquistou-me e em três dias doi só de pensar que ela tem que ir embora. (contingências financeiras)
Como dizia o outro "NÃO PERCAM O PRÓXIMO EPISÓDIO PORQUE NÓS TB NÃO) :)

... Comentários ( 0 ) ...

Autor:
nestum (Margarida Alves )

Visitas: 2808
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus