Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Marieta, a diva"

[ Europe/Lisbon ] 2004/02/14 20:02 "Marieta, a diva."

Em 97, quando estava em Sacavém e tinha começado a estabilizar profissionalmente (.....que isto de ser professor tem muito que se lhe diga...), senti que poderia começar a ter o meu 1º gato. Nesse ano tive uma colega que tinha 2 gatos espantosos, lindos que tive o prazer de conhecer. Eram animais enormes, fruto de um cruzamento de uma gata persa com um gato colourpoint. A nossa relação foi estreitando e a vontade de ter gatos cresceu. No final do ano lectivo, a Maria (que é o nome desta minha colega e amiga) perguntou-me se eu queria mesmo um gatinho. É que na aldeia onde ela nasceu, perto de Torres Novas, uma prima tinha a sua gata grávida e, caso não arranjasse ninguém interessado neles, os afogaria após o nascimento :- (( Claro que disse que queria um. Ao fim de uns dias, a Maria voltou-me a perguntar se me mantinha interessada nos gatos e se tinha a certeza de querer um ou dois. Já tinha pensado no assunto e respondi, aquilo que na altura me pareceu uma loucura: quero dois. Só impus uma condição - serem os dois do mesmo sexo. Depois, pouco a pouco fui sabendo novidades - que os gatos já tinham nascido, que já tinham sido escolhidos 2 que davam um conjunto giríssimo....
Lá voltei a insistir se eram os 2 do mesmo sexo. É que eu sempre pensei em esterilizar, mas tinha receio da minha falta de experiência e que fosse tarde demais. Mesmo no final de Agosto fomos conhecer o parzinho. Pareciam gatos de pacote de chocolate, ......vieram dentro de uma bacia e eram uma coisa linda. A Marieta vinha por baixo de todos e não a vimos logo de início. Após a vermos foi paixão sem igual....Durante a semana e ao fim de semana lá telefonava à D. Clementina (a sra que tratava dos bichanos), para saber como estavam. Tínhamos imenso medo que lhes acontecesse alguma coisa. Dia 13 de Setembro de 1997 foi o GRANDE dia. O Chico e a Marieta, pequeninos que cabiam na nossa mão vieram para casa. Comprámos uma transportadora em que eles vinham a nadar....Portaram-se lindamente pelo caminho. A Marieta já na altura denotava a sua grande classe.
A Marieta sempre foi uma gata relativamente calma e muiiiiiito preguiçosa. Nunca se pôs aos saltos a brincar como o irmão; sempre o fez com o rabo bem assente no chão. Sempre foi um animal calado que durante muito tempo pensámos que fosse mudo. Marietinha cresceu, sempre mostrou apesar do seu ar frágil muita determinação e, neste momento posso dizer que é de todos eles a dominante. É de uma segurança e teimosia que supera tudo o imaginável; é de todos a de maior carácter e a que não aceita com facilidade outros gatos para além do irmão. Quando se cruza com alguma outra vira o seu narizito de Cleopatra para o outro lado com toda a altivez. Age como se percebesse que sempre foi muito admirada e elogiada. É um animal fascinante em todos os aspectos.


P.S: como se percebe, nunca mais se tocou no assunto de não serem os dois do mesmo sexo....;-)

... Comentários ( 4 ) ...

Autor:
elsapereira (Elsa Pereira )

Visitas: 2029

Mais Diários deste autor:
  • A Rita
  • TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus