Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Adeus, Bebezinho"

[ Europe/Lisbon ] 2007/12/20 23:17 "Deixaste-me..."

17 anos... Durante 17 anos, foste a minha companhia, o meu sempre "bebezinho", o meu cãozinho "porta-chaves" como alguns te chamavam. Acima de tudo e qualquer coisa, foste o meu verdadero amigo que deu tudo em troca de tão pouco.
Tentei com todas as minhas forças que fosses feliz, que tivesses uma vida do melhor que podias, brincadeiras doidas com a tua galinha favorita, fiz de tudo para, mesmo nos últimos meses estando longe, fiz o que pude para te compensar sempre que ía a casa...

Em tantos anos, mesmo depois de confrontar-me com a realidade, a triste realidade que o teu coraçãozinho não seria tão forte como tu, tentei nunca pensar que poderia perder-te..
Até ontem...! E perdoa-me por só hoje ter conseguido desabafar, só hoje consegui fazer isto..
Fez à pouco mais de 1 hora que recebi aquele maldito telefonema que me deixou tão desnorteada, tão lavada em lágrimas.. COntinuo sem perceber se foi melhor ou pior não ter estado aí contigo quando deste o último suspiro mas dói tanto... Dói porque não estive contigo e sei que iria doer se tivesse estado..
Não sei o que vai acontecer quando entrar naquela casa e já não te ver lá, não te ouvir ladrar e saltar-me às pernas como sempre fazias e depois... depois davas-me beijinhos como se fosse a última vez.. E eu passava o tempo que podia contigo..O mais que conseguia!...

O mais que me posso agarrar agora é ao facto de te ter abraçado e dado aqueles beijinhos na última vez que te tive ao meu colo.. Sentia todos os dias saudades de voltar a fazê-lo... E agora! Agora já cá não estás, bebezinho... Nunca mais te poderei voltar a dar beijinhos, nunca mais te terei ao colo, nunca mais poderei ver aqueles teus olhinhos brilhantes quando ladravas a alguem ou alguma coisa e, quando te vias confrontado, pedias-nos colo... Medricas... Até à uns meses, mesmo com o peso da idade, corrias e brincavas com a energia de um cachorrinho de tenra idade e não víamos o teu fim! Sempre foste saudável, não foi?!

Mas tu já não estás aqui agora!
E não sei como esta dor vai passar e se deve passar! Sinto-me mal em sorrir, sinto-me mal em chorar de hora a hora em vez de chorar o dia inteiro.. Não quero que a tua memória morra contigo e, por isso, decidi partilhar aqui tudo o que tu eras para mim..
Desculpa fofinho... Desculpa eu não ter estado lá..
Não morreste sozinho, morreste com que gostava muito e também sofre a tua perda e, pelo que sei, não sofreste mas depois de 17 anos, eu devia ter estado lá... Fui eu que te quis em casa, que chorei dias a fio para convencer os meus pais, foi a mim que ainda com 3 semaninhas, lambeste a mão e eu soube logo que tinhas que vir para casa comigo...
Sei que devia ter lá estado contigo... E agora, não podes saber o quanto eu gosto de ti e o quanto me custava não te ter comigo tão longe...

A única esperança que tenho é que sejas feliz agora onde quer que estejas e, quando eu tb me tornar uma estrelinha, que nos encontremos no mesmo céu e possamos voltar a estar juntos nas brincadeiras malucas...

Jóbi, meu menino... Não te digo adeus, mas até um dia!

... Comentários ( 7 ) ...

Autor:
Aeris (Carla Moreira )

Visitas: 1479
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus