Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Os meus meninos=)"

[ Europe/Lisbon ] 2006/11/24 19:47 "Ai a invasão!!Quem é este??"

Depois de muito pesquisar na net encontrei o contacto de uma senhora que tinha um siamês para adopção... 2 meses... Estava no ponto, liguei mas o siamês tinha sido adoptado...Desilusão...
Logo agora que tinha encontrado um gatinho para fazer companhia ao rezingão do Seth!
No dia seguinte ao telefonema recebo eu um telefonema: "Olhe tenho um gatinho que achei hoje em cima de uma árvore, que se enfoi no motor do meu carro... ainda nem tive tempo para o ver, não é bem um siamês mas é assim muito clarinho e tem olhos azuis, é um gato muito exótico eu nunca tinha visto um gato destes se o quiser ver passe em minha casa amanhã porque ele hoje está muito assustado..."
Pensei: "Já me querem vender gato por lebre ainda ontem quis um siamês não havia hoje já há um tão depressa...bem vou ver o gato..." Liguei à senhora e pedi para o ver nesse mesmo dia, mais arisco que o seth aquela bola de pêlo não havia de ser por mais assustado que tivesse.
Cheguei a casa e disse à minha mâe: "Depois de jantar veste-te que eu quero que vás ver uma coisa comigo, para ver se ficamos com ela, neste caso com ele" e ela logo "Ai valha-me Deus mais um gato Raquel??" E eu com o argumento de "Vamos só vê-lo" lá a convenci.
Quando cheguei a casa da senhora deparei-me com um gatinho bege de olhos azuis que miava muito e bufava com muito medo, mas era tão pequenino e miava tanto que nem eu nem a minha mãe resistimos, não era um siamês, nem sequer parecido era mas era extremamente fora do comum (eu nunca vi um gato igual a ele mas caso tenha um mande-me fotos). Um gato tigrado de bege com olhos azuis... estranho mas fora do comum...
O Seth é que não gostou nada dele mas era tudo peta.... bufou-lhe atirou-se a ele, deu-lhe "patadas na tola" passados dois dias dormiam juntos e lavavam-se...
Foi assim que o Apólo entrou cá em casa... chamo-lhe mimalho de olhos azuis porque ele está sempre a miar...é um tagarela!
O que a gente não sabia (e que a 1ª veterinária dele não detectou) é que o Apólo vinha doente... com Tinha!
Mas isso é outra aventura para contar...

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2006/11/24 19:36 "Seth o grandalhão"

O Seth em 2 meses deu um pulo! Manda tudo abaixo cá em casa, não pára quieto, e eu achei que era altura para lhe arranjar um irmão... desta vez um siamês, não um puro, só um que se parecesse com um siamês, afinal com tanto gatinho abandonado não há razão para pagar por um quando se pode gastar esse dinheiro em cuidados num outro gatinho que realmente necessite deles.
Decidi pesquisar nos sites em busca de um gatinho não muito pequeno pois o seth com 6 meses já estava do tamanho de um gato adulto e ia prometer crescer mais...
A minha mãe estava reticente pois não queria mais um gato cá em casa mas também ela concordava que o Seth precisava de alguém "que o cansasse" além disso faz-se de forte mas é um coração mole e não consegue ver um bichinho mal que o traz logo para casa.
Esta ideia tinha de ser bem pensada: convencer a mãe a ter mais um gatinho...
Enquanto isto o Seth crescia e olhava desconfiado para o monitor do computador quando via as fotos dos gatinhos como quem diz :"Nem penses trazer um pulguento desses para a minha cama, 'tás a ouvir?"
Durante uma semana expliquei-lhe que ele não ia perder o lugar dele... as pessoas dizem que sou ridícula em falar com o meu gato mas isso é porque não percebem que ele me entende mesmo! Quando eu não quero que ele tenha um determinado comportamento como saltar para a minha mesa de cabeceira ou para cima do fogão falo com ele, explico-lhe e ele não volta a fazer... isto parece descabido mas a verdade é que ele nunca voltou a fazer uma coisa que eu lhe tenha dito para não fazer.
E o seth continuou na vidinha terrorista dele...

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2006/11/24 19:24 "Seth em casa!"

Num Sábado decidi que havia de ter um gatinho preto, totalmente preto...Eu não queria um gato preto queria um siamês mas a minha mãe que sempre foi fã de gatos pretos impôs a ordem "Tem de ser preto!!" e foi numa loja de animais que tem gatinhos para adopção que conseguimos conciliar as duas coisas=).
Quando vi (o que mais tarde se ia chamar Seth) fiquei horrorizada: mal peguei nele atirou-se a mim e fincou bem fundo as unhas no meu pescoço! Ainda por cima achava-o enorme (já tinha 4 meses). O meu primeiro pensamento foi: como é que eu vou ter este terrorista em casa?
Soube que é filho de uma gata siamesa pura o que faz dele um gato preto com o porte esguio de um siamês.
Quando cheguei a casa foi hora de escolher o nome... eu escolhi Aurius (nome pelo qual me responde até hoje) e que significa "mensageiro do Inferno" mas a família achou aquilo pesado então ficámo-nos por Seth (Deus da destruição) que também se aplicava a ele).
O Seth chegou e fugia por tudo quanto era lado, detestava colo, não deixava ninguém agarrá-lo e fazia ar de importante. Pensei "Eu e este gato nunca vamos ser amigos".
Durante uma semana não saí de casa para ficar com ele e então ele já me deixava agarrá-lo de vez em quando mas nunca pedia festas, em vez disso fazia um ar importante e olhinhos de "gangster" como quem diz "Ei 'tou aqui mima-me!" sempre com ar altivo e orgulhoso.
Passado 2 semanas toda a gente em casa adorava o Seth e a minha mãe quando ele não se portava "humanamente" (acho que ela ainda n percebeu que ele é um gato, quer é brincar!) dizia-me sempre "Raio do gato é mesmo parecido contigo, é rebelde como tu!!!"
Nunca permiti ao Seth dormir comigo mas dormia com a minha mãe todas as noites e quando ouvia o meu despertador tocar vinha miar para a minha porta.
Mal entro a porta do prédio ele ouve o som das minhas botas de biqueira de aço e vem logo para a porta miar à minha espera... sempre que eu estou triste ele vem para o pé de mim e ronrorona...quando tomo banho ele não sai da minha porta e segue-me pela casa onde quer que vá. O Seth foi o melhor amigo que tive até hoje, com as qualidades que nenhum humano me conseguiu demonstrar, além do mais é um gato imponente, altivo e arrogante do qual toda a gente que vem cá a casa tem medo mas que nunca atacou nada (nenhum outro animal) nem nenhum ser humano.
Tem mau feitio, é certo, mas eu e ele damo-nos bem pois temos isso em comum.
E sempre tive cães e outros animais, mas nenhum me fez nunca ir mais cedo para casa só para ter o prazer de umas horas na sua companhia. A minha mãe até diz: "Desde que tens o gato mal sais de casa!" E é verdade, e nunca me cansei nem hei-de cansar dele...
Ah! Esqueci-me de dizer! O seth veio com uma gatinha de outra ninhada que uma amiga minha quis adoptar pois não resistiu, a gatinha estava a bater no vido da jaula onde estava como que a pedir "levem-me..."

... Comentários ( 0 ) ...

Autor:
Raquel19 (Raquel Rêgo )

Visitas: 2396
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus