Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"Bernardo - o meu primeiro gato"

[ Europe/Lisbon ] 2005/10/30 12:59 "Bernardo com companhia"

Como sempre gostei de gatos e nunca pude ter nenhum até à chegada do Bernardo, resolvi arranjar-lhe um "maninho" que lhe fizesse companhia!
Deram-me então o Óscar, uma gatinho muito pequenino que ainda nem comia sozinho. Era um amor...
Mas o Bernardo levou aquilo a peito e tinha uns ciúmes de morte!! Fazia-lhe a vida num inferno: perseguia-o, mordia-o... até dava dó...
Comigo, a coisa já foi diferente! A mim ignorava-me, deixou de dormir comigo... era como se eu não existisse! Fui substituída pela minha mãe... O Óscar era meu e o Bernardo era dela! Ele não admitia ter de partilhar miminhos.

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2005/10/30 12:50 "A "Infância" do Bernardo"

Depressa se habitou ao ambiente lá de casa e se tornou o "manda-chuva" lá do sítio.
Extremamente brincalhão, reguila mas também muito meiguinho. Começou desde logo a dormir na minha cama... era muito engraçado: ele deitava a cabecinha dele na almofada ao lado da minha e ficava com o corpo tapadinho (pena não ter fotos)!!
O Bernardo marcou a minha entrada na faculdade... fazia-me companhia e animava-me nas longas noites de estudo que tinha pela frente: fartava-se de brincar pelo quarto e de fazer traquinices!!
O Bernardo nunca estranhou a presença de ninguém lá em casa... pelo contrário: era mau e as pessoas pensavam que ele se atiraria assim que tivesse oportunidade!!

Mas o reinado do Bernardo durou apenas seis meses... a chegada do Óscar veio causar alguma turbulência!!

... Comentários ( 0 ) ...
[ Europe/Lisbon ] 2005/10/30 12:40 "O bebé Bernardo"

O Bernardo foi o primeiro gato que tive!
Sabia que uma colega minha de trabalho tinha uns gatos lá pelo quintal (nunca lhes ligou muito) e resolvi pedir-lhe um gatinho pequenino. Ela prometeu-me pois a gata tinha tido uma ninhada recentemente... fiquei radiante mas tinha que esperar que eles ao menos comessem sozinhos.
Um certo dia, essa minha colega disse-me: "Carla, tens de ir buscar o gato porque o meu pai já atropelou uns quantos gatinhos. Se não fores eles acabam todos por morrer!" Abismada com a naturalidade dela em relação à morte dos pobres gatos resolvi ir buscar o Bernardo nesse próprio dia antes que algo de trágico acontecesse.
Trouxe o Bernardinho para casa e apaixonei-me de imediato por ele... era tão pequenino e tão indefeso. Prometi a mim mesma que faria tudo o que pudesse para ele ter uma vida feliz!!!

... Comentários ( 0 ) ...

Autor:
PekenaLua (Carla Sofia Cardoso )

Visitas: 1802
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus