Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== DIÁRIOS ==
  
Todos




"A Lúcia"

[ Europe/Lisbon ] 2005/05/26 17:02 "Como vim aqui parar"

Nasci numa casa que além da minha mãe tinha um tio que podia bem ter sido o meu pai mas a minha mãe preferiu um errante que por ali passou...

A "mãe" da minha mãe contava lá no escritório que tinha uma ninhada de gatinhas para dar, mas à excepção de uma das minha manas, ninguém mais quiz gatinhos e ela pegou em nós para nos levar para uma loja de animais, onde seriamos escolhidas para adopção.

A caminho da Loja, teve de parar o carro numa daquelas garagens subterrâneas com média luz, disse-nos que tinha de ir buscar uns papeis ao escritório e que já vinha. Tinhamos mais uns minutinhos para estarmos aconchegadas naquele cobertor, que ainda tinha o cheirinho da nossa mãe, antes de irmos para uma gaiolinha feia numa qualquer loja cheia de cheiros e sons novos.

Passado algum tempo ela desceu, abriu o carro, e vinha com três colegas dela que disseram muitas coisas numa vozinha estranha. A minha irmã muito "parva" ronronou logo no colo de cada uma, era um mel aquela inútil... Eu não!!! eu muito felina e corajosa, soprei para todas e até mordi a mão de uma delas... a mesma que passados uns minutos ouvi dizer... " estou apaixonada! e louca também... mas vou ficar com esta atrevida!"

A minha "mãe" ainda tentou demovê-la e convencê-la que a minha mana era mais doce e mais calma, que eu era a peste da ninhada, que desafiava meio mundo, de tão teimosa que era, enfim, cobras e lagartos foi o que a traidora disse de mim. Mas a tal a quem mordi não ligou e disse que era a mim que queria.

Aí vim eu para a casa dela, um caminho esquisito cheio de gente, e depois um gajo grande que me pegou no ar, me olhou nos olhos, me chamou "maluca" e me disse que eu era linda. Seja lá o que isso de linda fôr... achei que devia ser algo de bom, ele parecia contente.

A minha nova mãe tinha mais dois gajos lá em casa, mais pequeninos que o outro, mas também me deram muitos mimos. Bem... a cama que me arranjaram não era má, e a comida era ótima, variada e numa tigeja toda janota, onde é que ela terá arranjado tanta iguaria tão depressa? Eu mesmo assim não me deixei amolecer e soprei-lhes todas as vezes que se aproximavam. O pior é que eles pareciam não ligar nenhuma...

Ok!!! querem mimos? festas? beijos? que chatos... mas... hummmmm parece que essas tais coisas nem são assim tão más... ok... talvez eu pare de soprar por um bocadinho para ver se gosto disso!!!! Hummm pois.... até é fixe...

Dois dias depois percebi que era realmente muito melhor estar no quentinho do colinho deles, cheia de festas e xuac's do que ficar a cansar-me com tanto sopro....

Ahhh! os cabelos da minha nova mãe, em cima da almofada, dão uma bela caminha para eu dormir, ronronar e até lavar-me...

Que chatice ela diz que assim não consegue dormir e põe-me longe dos cabelos.... eu já volto!!!

... Comentários ( 3 ) ...

Autor:
lenabarroso (Helena Barroso )

Visitas: 1809

Mais Diários deste autor:
  • Raísa
  • O Meu Hamster garanhão
  • Marcus
  • Yuka
  • Zeus
  • TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus