Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Conselhos

Golpes de calor potencialmente fatais no Verão

Entre os animais mais predispostos a sofrer golpes de calor, o HVP destaca ainda os que sofrem de problemas cardiovasculares e respiratórios e os que possuem já um historial de susceptibilidade às altas temperaturas.

Em comunicado, o HVP aponta a prevenção como a melhor forma de evitar os golpes de calor.

"Nunca deixe o seu animal de estimação fechado num carro estacionado e mantenha sempre disponível água limpa e fresca", aconselha.

Quando o animal é mantido num canil ou num recinto fechado, o HVP recomenda que se verifique se existem ventilação e circulação do ar adequadas, enquanto que fora de casa aconselha a preferência por locais com sombra e a não realização de exercício excessivo nas horas de maior calor.

A respiração ofegante e salivação, o olhar arregalado ou ansioso, a ausência de resposta às ordens do dono, a pele muito seca e quente, febre alta, batimento cardíaco acelerado, fadiga e fraqueza muscular ou colapso são os principais sinais de que o animal pode ter sofrido um golpe de calor.

Neste caso, alerta o HVP, o dono deve tentar reduzir a temperatura do animal, "imergindo-o gradualmente em água fria ou aplicando sacos de gelo na cabeça e no pescoço".

O animal de estimação deve ser depois levado com urgência ao veterinário, para que lhe sejam aplicados os tratamentos necessários.


Outros perigos

Além das altas temperaturas, o HVP aponta também outros factores a que se deve estar atento, como as praganas existentes na relva e os químicos usados para embelezar os jardins e controlar infestações. Para além dos gholpes de calor, estes são os principais perigos do Verão para os animais.

"As praganas podem causar infecções dolorosas e os químicos podem envenenar o seu animal", explica o HVP no comunicado.

Nesta altura do ano também aumenta o risco de o animal contrair leishmaniose, uma doença potencialmente fatal transmitida por uma determinada espécie de mosquito, assim como se deve redobrar de atenção às pulgas e carraças, mais frequentes durante o tempo quente, bem como às picadas de insectos e mordeduras de outros animais.

(Fonte: HVP e RTP online/Agência LUSA)
http://www.rtp.pt/index.php?article=250065&visual=16




- bronkas (Luciana Nunes) [ Europe/Lisbon ] 2006/07/19 13:32

Versão para Impressão Enviar a um amigo
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus