Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Conselhos

Emergências Veterinárias

«Em Medicina Veterinária, as verdadeiras emergências são de origem vascular (hemorragias), cárdiorespiratória (edema pulmonar agudo, síncope cardíaca), gástrica (torção de estômago) ou neurológica (comoção cerebral, coma, convulsões), situações, todas elas que podem conduzir a um estado de choque. Existem outras patologias que também requerem tratamento urgente: picadas de insectos que provocam reacções urticariformes, mordidas de animais venenosos e intoxicaçoes.
Quanto às fracturas, embora seja necessário uma rápida imobilização, não constituem realmente uma emergência, excepto as expostas e as da coluna.


COMO AGIR NUMA EMERGÊNCIA?

MANTENHA A CALMA


CONVULSÕES

Coloque-o numa manta para evitar os movimentos descoordenados e segure-a pelas quatro pontas. Evite as luzes fluorescentes.


HEMORRAGIA

Comprima a área da hemorragia com uma ligadura.


PARAGEM CARDÍORESPIRATÓRIA

Tente reanimar o animal puxando-lhe a língua com vista à desobstrução das vias respiratórias. Se não sentir os batimentos cardíacos, pressione o tórax com as mãos abertas, uma sobreposta na outra.


POLITRAUMATIZADOS

Coloque o seu animal numa manta e transporte-o até ao veterinário, segurando pelas 4 pontas.


VETERINÁRIO - Se o seu animal acaba de sofrer um acidente não estranhe que o veterinário lhe diga que é cedo demais para adiantar um prognóstico. Um animal politraumatizado precisa de ser colocado em observação para se confirmar se todas as suas funções vitais se mantêm correctamente; e quando há patologia neurológica, a recuperação funcional pode necessitar de um certo tempo. A complexidade do problema exige toda a atenção do vet e toda a paciência do dono.»


Dra Elisabete Capitão, Médica Veterinária
In Coisas de Bichos, Outono de 2005, publicação do Centro Veterinário de Lisboa

- anims (Guilhermina Abreu) [ Europe/Lisbon ] 2005/10/18 10:34

Versão para Impressão Enviar a um amigo

» lilianacosta ( liliana costa) » [ Europe/Lisbon ] 2005/11/08 08:55
Este tipo de iniciativas são de louvar.

» atlantic ( Elisabete Feitoria) » [ Europe/Lisbon ] 2005/10/19 19:14
Excelente iniciativa, Guilhermina ! clap.gifclap.gifclap.gif

» Adsartha ( Rita Machado) » [ Europe/Lisbon ] 2005/10/19 09:55
Muito útil!
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus