Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Raças

Testudo graeca

Saiba mais sobre as tartarugas terrestres


Autor: Susana Gomes
Testudo graeca macho 6 anos - Ted


Comprimento: Pode ultrapassar os 30 cm

Longevidade: 80 a 120 anos

Distribuição Geográfica: Sul da Europa, Irão, Egipto, Líbia e Marrocos

Habitat Natural: Regiões amplas, com estepes, pedras, alguns arbustos e muito sol.

Comportamento: Activa durante o dia, enquanto houver sol ou fonte de calor. Gosta de trepar e escavar

Subespécies: 4


Alimentação: Esta espécie é vegetariana. Na Natureza, as tartarugas comem todo os dias, fazendo pequenas ingestões durante todo o dia. O seu aparelho digestivo é comprido e está preparado para digerir a celulose das plantas.

Em cativeiro, é recomendável dar à tartaruga uma dieta que se aproxime o máximo da sua dieta natural, para isso é conveniente conhecer a flora do seu país de origem.



Autor: Susana Gomes
Hora do almoço


Devemos proporcionar uma dieta o mais variada possível. É muito importante a proporção cálcio/fósforo. Os alimentos devem conter 2 a 4 vezes mais cálcio do que fósforo, o que assegura um bom crescimento ósseo, com uma carapaça dura e sem piramidismo. O piramidismo é a carapaça ficar tipo uma pirâmide, ou seja, em vez de ter a carapaça toda lisa tem aos altos.



O piramidismo pode ser devido a vários factores:
- Demasiada comida
- Falta de cálcio
- Excesso de proteína
- Alimentos com pouca fibra
- Falta de exercício
- Estado de hidratação


O que se deve dar em muita quantidade:
- Dente de leão, folhas e flores, canónigos, agriões, chicória, folhas de nabos, folhas de rabanetes, folhas de bróculos, folhas de beterraba, couve verde, couve lombarda, endívias, acelgas, rucola normal e selvagem, folhas de alcaparras, alfalfa, folhas e flores de hibiscus, urtigas secas e cortadas e trevos.

O que se deve dar em pouca quantidade:
- Cenoura, pepino, tomate, espinafres, cogumelos, feijão verde, maça, pêra, melão, framboesa, pêssegos, figos

O que nunca se deve dar:
- Ervilhas, salsa, coentros, rebentos de soja, comida enlatada de cão e gato, todas e quaisquer proteínas.

Dar vitaminas e cálcio em pó uma vez por semana, misturados com a comida.




Alojamento: O Terrário pode ser de vidro ou madeira e sempre aberto por cima. Como substrato podemos utilizar papel de cozinha, jornais ou areia própria para répteis. Deve ter duas lâmpadas: uma de infravermelhos, que lhe fornecerá calor e outra de raios ultravioleta, que simulará os raios solares. Para esta espécie do deserto deverá ser uma lâmpada de 8.0 de intensidade. Também se poderá utilizar uma lâmpada de vapor de mercúrio em vez da lâmpada de infravermelhos. Mas estas são mais difíceis de encontrar no nosso país porque são mais caras e gastam mais electricidade. Um tapete de aquecimento, sempre ligado, que ficará no lado oposto às lâmpadas. No terrário da minha tartaruga mais jovem, coloquei o tapete por baixo do refúgio, onde ele fica de noite. Uma banheira com água tépida. A água na banheira não poderá ultrapassar a altura de 2 dedos em animais adultos e 1 dedo em animais jovens, pois as tartarugas terrestres não sabem nadar. Podemos também colocar um refúgio para elas dormirem à noite, que ficará no lado oposto às lâmpadas.



Autor: Susana Gomes
Terrário


Hibernação: A partir de 1 ano de vida, todas as tartarugas devem hibernar, excepto se tiverem um tamanho inferior a 10 cm ou se tiverem pouco peso.
As tartarugas devem hibernar desde meados de Novembro a meados de Março. Como este ano, no nosso país, as temperaturas estiveram diferentes, a minha tartaruga de 6 anos, só hibernou há 2 semanas, quando começou a ficar mais frio. Para isso elas têm de evacuar tudo o que têm no intestino. Todos os dias, colocamos a tartaruga dentro da sua banheira com água tépida durante 30 a 60 minutos para evacuar. Quando ela estiver uma semana sem evacuar, então já tem os intestinos limpos e está pronta para hibernar. Durante este processo a tartaruga não come nada. Dois meses antes dela hibernar, devemos adicionar à sua alimentação, fruta como pêra, maçã, melão, pêssego e figos, que lhe dará gordura para ela resistir aos meses que estará adormecida. Se ela não evacuar antes de hibernar, quando acordar poderá estar muito doente.

Para a tartaruga hibernar, arranjamos uma caixa de madeira de 60x70cm, cheia de terra ou turfa onde a colocamos. Ela enterrar-se-á e permanecerá durante toda a hibernação. Eu arranjei a caixinha para a minha e ela não se enterrou. Tirei-a da caixa, pu-la na minha horta. Ela começou a escavar um buraco e enterrou-se completamente. Temos de ter atenção para o local onde a tartaruga está não ser invadido por gatos, cães e ratos.
Quando a temperatura começar a aquecer, a tartaruga acordará e poderá levar cerca de uma semana até começar a comer. Durante estes dias podemos banhá-la em água tépida.



Doenças:

- Parasitas internos e externos
- Problemas alimentares e intestinais
- Infecções
- Problemas respiratórios
- Retenção de ovos
- Mantimento da carapaça

Autor: Susana Gomes
Testudo graeca fêmea 4 meses - Tuxa


Esta é uma espécie protegida e por isso não pode ser trazida doutros países pois assim estariamos a contribuir para o tráfico de espécies. Só pode ser adquirida se for criada em cativeiro.

Em Marrocos os aldeãos fazem pequenas violas das suas carapaças para vender aos turistas.

Eu escolhi esta espécie para num futuro conseguir fazer criação e preservar a longo prazo esta espécie, que adoro.





Fontes:

http://www.sharpeisdelboche.com




- tchinho (Susana Gomes) [ Europe/Lisbon ] 2005/02/03 19:14

Versão para Impressão Enviar a um amigo

» jbengalinha ( João Bengalinha) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/20 19:26
Cara Susana Gomes

Peço desculpa pelo incómodo, mas acabei de chegar de marrocos e comprei uma tartaruga graeca e gostaria de lhe pedir algumas informações, na realidade preciso mesmo da sua ajuda. Assim que puder gostaria que entrasse em contacto comigo. O meu email pessoal é: jbengalinha@hotmail.com Obrigado pela sua atenção. Com os melhores cumprimentos, João Bengalinha
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus