Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Conselhos

AS ALERGIAS PROVOCADAS PELOS ANIMAIS

Um estudo americano realizado em Detroit vai contra todos os preconceitos habituais:

“Durante gerações inteiras, pensou-se que cães e gatos em casa aumentavam os riscos de alergias”. O Dr. Ownby, director da Faculdade de Medicina da Geórgia (Estados Unidos), que chefiou o estudo publicado no Journal of the American Medical Association afirma:
“Na realidade, verifica-se exactamente o contrário”.

Durante sete anos, a sua equipa de investigadores seguiu 474 crianças. Na opinião do Dr. Ownby, a conclusão não deixa margem para dúvidas ! As crianças que viveram desde o nascimento na companhia de dois ou mais animais domésticos, têm duas vezes menos riscos de contrair alergias e asma. É que a presença de um gato ou de um cão poderá desencadear na criança uma reacção imunitária que previne o desenvolvimento de asma. “A razão pela qual tantas crianças têm alergias e asma é que vivemos de maneira demasiado higiénica”, explica este especialista. O que é que acontece quando crianças brincam com um gato ou um cão ? “Em presença de bactérias, provocadas pelos pêlos e pelas lambidelas do animal, o organismo das crianças fortalece-se e reage de maneira diferente às agressões exteriores.”

Contudo, é importante notar que este fenómeno favorável aos nossos amigos de 4 patas se manifesta quando se verifica a situação indicada, ou seja quando a criança é criada desde a mais tenra idade em companhia dos animais. Aqui o efeito é positivo.

No caso de crianças que não foram sujeitas a “adaptação”, o cão e o gato podem provocar reacções alérgicas.

Aliás o cão provocaria mais alergias do que o gato, de acordo com outro estudo conduzido pelo Dr. Craig, que demonstra que para os asmáticos os cães provocariam mais alergias do que os gatos. É que os alergenes do cão provocam crises mais fortes que as dos gatos, que apenas actuam sobre o volume do ar expirado e não sobre a reacção inflamatória.

Resumindo: À questão “Os cães e os gatos provocam alergias ?” pode responder-se por vezes a favor e outras vezes contra os nossos companheiros. E é provavelmente esta a razão das divergências de opiniões. Não se deve pretender responder à pergunta com um SIM ou um NÃO categóricos, mas sim em função do contexto:

· Para um recém-nascido, quer ele provenha duma família com antecedentes de alergia ou sem antecedentes, será benéfico crescer em companhia de cães ou gatos (o que permite ao organismo da criança aprender a responder às agressões exteriores e ser mais resistente às reacções alérgicas).

· Para uma criança não habituada, ou insuficientemente habituada, a presença de animais pode efectivamente provocar alergias, sendo as mais fortes as provocadas por cães.

Fonte: www.chatsderace.net/doc/sante/allergies.html

Tradução do Francês: Elisabete Feitoria


Outro estudo, desta vez realizado na Alemanha e publicado em Pediatric Allergy and Immunology 13 (6), 394-401 deu os seguintes resultados:

· O objectivo deste estudo consistiu em avaliar a associação entre o facto de possuir animais domésticos em casa de crianças pequenas e o desenvolvimento de uma dermatite atópica, estudando recém-nascidos até à idade de 2 anos.

Analisaram-se dados de 4.578 crianças desde o nascimento, nas regiões de Wessel e de Munique, entre Janeiro de 1996 e Junho de 1998.

As informações sobre as doenças atópicas e sobre a existência de animais domésticos foram recolhidas por meio de questionários por ocasião do primeiro e do segundo aniversário das crianças.

· Resultados : * O modelo de regressão logística mostrou uma associação negativa entre o facto de possuir animais, e em particular um cão, durante o 1º ano de vida e o desenvolvimento de uma doença atópica entre o 1º e o 2º aniversário de vida. * Os efeitos protectores continuam estatisticamente significativos depois de ajustados por várias variáveis (contacto com um animal doméstico durante o 1º ano OR : 0,71 ; 95% CI : 0,55-0,92) ; (1º ano de contacto com um cão OR : 0,62 ; CI : 0,39-0,98) ; (2º ano de contacto com um animal doméstico : OR : 0,74, 95% CI : 0,57-0,97) ; 2º ano com um cão OR : 0,63 95% IC : 0,4-0,98).
· Possuir um pequeno animal (hamster, coelho, porquinho da Índia) mostra também um certo efeito protector durante o 1º ano.

Conclusão : Os autores supõem que haja um efeito protector entre o facto de possuir animais domésticos em casa e factores do meio ambiente não definidos, que contribuem para um efeito protector relativo ao desenvolvimento ulterior de uma dermatite atópica nos primeiros anos de vida, devido provavelmente à maturação do sistema imunitário.

Daqui uma proposta interessante deste sítio – Allergique.org – :

Como presente de nascimento a crianças asmáticas : não ofereçam peluches, mas sim animais verdadeiros !!!


Fonte : www.allergique.org/article.php3?id_article=717 e www.allergique.org/article.php3?id_article=1765

Nota: O comprimento ou a natureza dos pêlos não tem a priori nenhuma influência sobre ter ou não ter alergias. Não existem por isso raças mais alergizantes do que outras, nem nos cães nem nos gatos, apesar de ainda não se ter podido fazer uma demonstração fiável.

No caso de uma criança ser alérgica aos gatos, basta passar uma toalha embebida em água morna e espremida pelo pêlo dos bichanos uma vez por dia. O benefício afectivo que resulta para a criança da presença de um companheiro animal, esse não tem preço.

Tradução do Francês: Elisabete Feitoria


- atlantic (Elisabete Feitoria) [ Europe/Lisbon ] 2004/07/23 22:59

Versão para Impressão Enviar a um amigo

» cleopatra ( sonia Abraços Miranda) » [ Europe/Lisbon ] 2004/09/14 11:50
Eu sou Asmatica,e tenho tb renite alergica, desde k nasci, e não é por isso k deixo de ter 6 gatos na minha casa, antes disso na casa da minha mãe tenho 1 gata( ja foram 2) mas a outra morreu, e o meu boby, basta ter as precauções necessarias , kando tenho um dos atakes simplesmente não me xego tanto a eles é so.na minha opnião os k abandonão os gatos e cães derivado á asma,alergia e kando nasce um bebe axo esses seres simplesmente ignorantes( isto é só a minha opnião)

» atlantic ( Elisabete Feitoria) » [ Europe/Lisbon ] 2004/08/25 23:41
Em 24/7/2004 era alérgica ao pêlo da Minnie - não liguei e a alergia acabou por passar como tinha aparecido: de repente.

» hecep ( Helena Cepeda) » [ Europe/Lisbon ] 2004/08/25 18:57
Eu tinha alergia muito, mas muito intensa ao pó e aos gatos. Nunca tive asma mas tinha alturas em que chegava a não dormir 24h por estar a espirrar. Nunca vou saber ao certo como me curei, mas a verdade é que me curei. E também é verdade que quando ainda era muito alérgica aprendi a ter determinados comportamentos que iam minimizando os efeitos das alergias: lavava sempre as mãos depois de mexer numa gato, nunca aproximava a cara de um gato, depois de ter estado com um gato ao colo punha a roupa que tinha usado para lavar, fazia inalações para limpar o sist. respiratório. Bem sei que há casos muito graves, mas para os casos medianamente graves como o meu, o facto de me ter esforçado para poder conviver com os gatos sem me dar uma coisinha má ajudou, há comportamentos que se podem ter e que ajudam e muito. Em casos muito graves como fala a nany, já não digo nada, não vale a pena morrer por causa disto. Mas dos casos que ouvimos falar quantos serão assim tão graves? Só me lembra do rapaz que apareceu na arca a tentar desfazer-se de um persa porque ele perdia muito pêlo que de certeza que ía fazer muito mal ao filho dele que ainda não tinha nascido. Fogo, o pobre´bébe ainda não tinha nascido mas já se sabia que só podia ser alérgico a tanto pêlo. Eu acho que a maior parte das vezes é desculpa e as pessoas qd adoptam um animal não se apercebem do compromisso que deviam estar a assumir.

» atlantic ( Elisabete Feitoria) » [ Europe/Lisbon ] 2004/08/03 22:15
isso mesmo, Assunção.

» Assunção ( Assunção Baptista) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/27 10:49
Claro que há casos e casos e sempre ouvi dizer que a excepção confirma a regra... mas realmente é engraçado se observarmos a diferença a nível de saúde do pessoal citadino em relação a quem vive no campo. Claro que os níveis de poluição contribuem e muito para as alergias e doenças em geral, mas a falta de contacto com a natureza, com os animais, o mexer na terra e andar à chuva e ao frio, enfim, com os germes e as bactérias que o bom citadino gosta tanto de aniquilar, tudo isso é o que reforça as nossas defesas. Se o nosso sistema imunitário não entrar em contacto com o que nos pode fazer mal, como vai aprender a reconhecer as situações de risco e a defender-se delas?

» nany ( ana maria da costa esteves) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/27 09:48
Pois talvez com o tempo ...nem todos somos iguais!
Aprendi a não julgar tão levianamente e a dar o beneficio da duvida!

» Ana Ramos ( Ana Ramos) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/26 20:26
Eu deixei de ter alergia a gatos (rinite) desde que comecei a ter mais. DE inicio tinha a todos, depois só aos da rua, depois só no dia em que chegavam a agora nada. Só faço a machos não castrados mas isso não é problema... agora alcatifas e fumo é tiro e queda tal como dias de vento.

A minha irmã mais velha asmática em ultimo grau (teve morte clinica 2 vezes) desde que tem a caddela deixou de ter qq aleergia a pelos e o meu sobrinho mais novo nasceu com animais em casa, uma gata estava sempre no berço,a pediatra achava super bem e era uma senhora já com alguma idade, e não tem alergia nenhuma.

Os mais velhos nem sabem o que isso é....
eu só sei que tanto eu como 2 amigas nos tornamos imunes... bem bom.

» nany ( ana maria da costa esteves) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/25 22:53
eu também achava que era conversa das pessoas ...a desculpa das alergias...até ver ataques que o filho da minha melhor amiga teve com o gato deles e agora há uma semana com os meus...
Se fosse mãe também deixava de ter gatos....ou cães!
Para mim aplicou-se o ditado " nunca digas desta agua..."

» Rowan ( Ísis Calió) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/25 12:02
É muito interessante o artigo... espero q as pessoas "acordem" e vejam q os animais só são benéficos para nós!!

» atlantic ( Elisabete Feitoria) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/24 11:39
Colorau, Possivelmente terias alergias 30 vezes piores... Há 35 anos que tenho sempre gatos em casa, neste momento tenho 4 meus, sem problemas. Num quarto pequeno dou guarida a uma gatinha birmanesa (pêlo do tipo dos siameses, muito fino e denso) da minha filha: todos os dias tenho crises de espirros que não acabam. Mas enfim, ainda não criei anti-corpos a este pêlo, é tudo !!!

Filipa,
Obrigada por teres alindado um artigo árido com fotos tão lindas !

» Colorau ( Cláudia Soares) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/24 10:03
É interessante que eu tive contacto com animais desde que nasci e mesmo assim tenho alergias, alguns gatos incluídos... Será ruindade? O melhor é imaginar que se não tivesse crescido com animais as alergias seriam 30 vezes piores! tongue.gif

» nestum ( Margarida Alves) » [ Europe/Lisbon ] 2004/07/24 02:01
Bem tou a ver que o meu filho tá no bom caminho, tem dois "manos" felinus... happy.gif
Parabéns achei o artigo muito interessante e acho que o vou mostrar a algumas pessoas mal informadas, que me torcem o nariz quando lhes digo que o meu filho partilha quase tudo com os "manos".
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus