Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Raças

Azul da Rússia

O que diz a História

A verdade é que pouco se sabe acerca da origem do Azul da Rússia. Contudo, abundam as histórias e as lendas. Entre as muitas, há os que acreditam que esta raça é natural das Ilhas Archangel no Norte da Rússia, onde os gatos eram mantidos em cativeiro por possuirem dupla camada de pêlo felpudo muitas vezes comparado ao do castor e da morsa.

Inicialmente, foi conhecido por Gato de Archangel, Foreing Blue (Azul Estrangeiro, por se assemelhar fisicamente aos gatos europeus) e Gato Maltês. Pensa-se, ainda, que poderá ter sido trazido por marinheiros, por volta de 1860, das Ilhas Archangel para Inglaterra e Norte da Europa e ainda que esta teoria não seja de todo verdadeira, o certo é que a densidade do pêlo é apropriada aos climas frios do Norte.

Há quem diga que Azul da Rússia é descendente do Gato Real dos Czars da Rússia e que era o gato favorito da Raínha Vitória.

CFA's Best Russian Blue 2002-2003 Breeder/Owner:Teresa Keiger and Rob Miller

Passado Genético

Uma vez que não nasceu do cruzamento de duas raças diferentes, o Azul da Rússia é uma raça genuína que foi sendo apurada ao longo dos anos e que assim se tem mantido devido aos cuidados tido pelos criadores na escolha de progenitores sempre genuínos.

Obviamente que o mesmo não se aplica à reprodução doméstica. Nestes casos, é possível que, pela“deficiente” herança genética, se percam algumas das características, como por exemplo, a densidade da côr, o que, de modo nenhum, os tornará menos capazes de amar.


Aparência, Personalidade e Temperamento

O Azul da Rússia, sendo de porte médio, é bem constituído, possui pêlo curto e linhas graciosas e esguias.

O que os distingue de todos as outras raças é, sem dúvida, a pelagem em dupla camada, muito densa, macia e sedosa, unicamente Azul e com cada uma das pontas dos pêlos prateada, o que lhe confere um aspecto muito brilhante e lustroso. A sua densidade torna-a volumosa mas, ao contrário do que seria de pensar, o Azul da Rússia perde pouco pêlo.

Os olhos são grandes, bem afastados e redondos e passam de amarelos a verdes claros e límpidos logo a partir dos 4 meses.

São gatos muito inteligentes, tranquilos, sensíveis, asseados e brincalhões.Adoram correr, pular e trepar mas apesar de muito ágeis e activos, raramente fazem estragos em casa. São capazes de aprender a abrir portas e “ensinam” os donos a atirar-lhes brinquedos e a participar nas suas brincadeiras.

Por serem tímidos e reservados, os donos terão de construir a sua relação com eles. A última palavra será deles mas, uma vez conquistados, são excelentes companheiros e muito dedicados, dando-se naturalmente bem com crianças e outros animais. Seguem os donos por toda a parte, só pelo simples prazer de estar perto deles. Tornam-se, contudo, desconfiados e assustadiços, se na presença de estranhos, e a sua sensibilidade pode levá-los a ressentirem-se e a tornarem-se medrosos e até temperamentais, se forem negligenciados ou colocados perante situações de tensão.

Uma vez apaixonados pelos donos, têm diversas formas de o demontrar como sejam as turrinhas e o saltar para o ombro do dono e deixar-se carregar por ele. A lealdade é tão grande que ficam verdadeiramente magoados se lhes for negada a possibilidade de transmitir afecto e ternura. Talvez por isso, a relação entre esta Raça e o Ser Humano acaba por tornar-se normalmente muito próxima e profunda.

17th Best Kitten 2002-2003 Breeder:Karen Godwin/Lucille Westbrook Owner: Karen Godwin

Saúde, Alimentação e Cuidados Básicos

São suficientemente independentes e capazes de se entreter, se forem deixados sós durante o dia mas, à chegada dos donos, não dispensam atenção e carinho redobrados e, talvez por essa razão, adoram uma boa escovadela, quem sabe, se não será por lhes permitir partilhar bons momentos com os donos.

Sendo animais de pêlo curto, a sua manutenção não exige cuidados de limpeza e tratamento nada extraodinários. O pêlo pode ser mantido com óptimo aspecto apenas com muitas festas e escovagens regulares. Os cuidados a ter com as unhas, olhos e ouvidos é igual aos de outra raça qualquer.

São “bons garfos” e facilmente ganham peso a mais. De forma a evitar a obesidade, é importante não exceder as doses recomendadas para a sua raça, idade e condição física.

São animais fortes e robustos, naturalmente saudáveis e sem problemas genéticos associados à raça, sendo que, com bons cuidados veterinários, uma boa alimentação, muito exercício físico e muito carinho, facilmente atingirão idades acima da média.





Bibliografia:
http://cfainc.org
http://www.russianblue.info/is_it_a_rb.htm
http://unix.dsu.edu/~johnsone/russian.html

Fotos:
http://www.russianbluebc.org/



- noggy (Sandra Nogueira) [ Europe/Lisbon ] 2004/05/13 15:00

Versão para Impressão Enviar a um amigo

» crodriguez ( carla) » [ Europe/Lisbon ] 2010/05/17 03:40
Tenho um azul russo á dois anos e é mesmo tudo o que li excepto a parte da timidez para as pessoas de fora o meu kiko é um abusador dá-se logo á confiança é o meu fiel amigo e tem uma particularidade,se me vir triste não me larga farta-se de me fazer mimos com a patinha.
Bem posso-vos dizer tambem que este meu kiko é unico pois para comer vai com a patinha buscar a comida e depois leva á boca,ao contrario de outros animais que vao buscar a comida com o focinho este não...bem poderia e teria mil e uma coisas para contar deste meu bebe grande mas vou mesmo ficar por aqui deixando só uma pequena nota a quem pensa que os animais nao sentem...sentem e muito quando ralho com o kiko fica horas amuado e nunca dá a pata a torcer tenho de ser eu a falar com ele...resumindo é como eu falo o kiko e a minha filha são a minha alegria que eu amo e estimo este gato como um filho,tolice ou nao???Nao sei,mas para mim faz parte da minha familia brigada a todos e muita sorte para estes bichinhos á espera de um lar.

» nrodrig ( Nuno Rodrigues) » [ Europe/Lisbon ] 2007/01/13 22:50
Realmente estes gatos são espectaculares, é tudo o que vem no artigo e mais ainda, os azuis são especiais....

» Liah ( Sir Tivoli de Cintra) » [ Europe/Lisbon ] 2006/01/17 20:05
Muito interessante... já sabia um pouco sobre a história da raça, mas fiquei a saber mais.

Obrigada
Hugo D'Arcangel

» atlantic ( Elisabete Feitoria) » [ Europe/Lisbon ] 2004/05/13 22:37
Parabéns, Noggy !

» Rowan ( Ísis Calió) » [ Europe/Lisbon ] 2004/05/13 15:24
Q lindo artigo!!! Muito interessante!!

» Ana Ramos ( Ana Ramos) » [ Europe/Lisbon ] 2004/05/13 15:18
E são lindos..... bom artigo Noggy.

Galahad e Marejke bem gostariam de ser assim tão bonitos mas falta-lhes o sangue azul. Mas mandam miaus à tia Noggy.
TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus