Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Raças

O Abissínio

História do Abissínio:


O Abissínio é uma das mais antigas raças conhecidas, mas a sua verdadeira história está envolta por muita especulação. O Abissínio parece assemelhar-se às pinturas e esculturas do gato antigo do Egipto, não havendo contudo provas disto. (ver foto do gato egípcio). Alguns acreditam que o Abissínio foi trazido da Etiópia (anteriormente denominada Abissínia) para a Grã-Bretanha em 1860.

Em todo o caso a origem do seu nome é devido a que um primeiro gato “Abissínio” exibido em exposições em Londres, tivesse sido importado da então Abissínia. O primeiro registo surgiu no jornal “Harper’s Weekly” (27-1-1872) noticiando que o 3º prémio da exposição em Crystal Palace (Dezembro de 1871) foi ganho pelo gato Abissínio “capturado na passada Guerra Abissínia”.

No livro inglês “Cats, their points, and characteristics” de 1874 é mencionado o Abissínio, no qual se inclui uma litografia colorida de um gato com uma pelagem matizada com ausência de marcações tigradas na face, pescoço e patas. A descrição é assim legendada: “Zula, pertencente ao Capitao Barret-Lennard. Gato que foi trazido da Abissínia no final da guerra”. As tropas britânicas deixaram a Abissínia em 1868, pelo que poderá ter sido desde então que, gatos de pelagem matizada entraram em Inglaterra.

Em 1950, o Abissínio começou a ganhar popularidade e, hoje é a raça de pelo-curto mais popular.



Descrição do Abissínio:


O Abissínio é um gato colorido com uma pelagem matizada exclusiva, médio em tamanho e de aristocrático na aparência. É importante que o Abissínio seja de um equilíbrio harmonioso.

A cabeça em forma de cunha arredondada sem áreas planas fluindo sem interrupção para o pescoço arqueado. As orelhas estão alerta, grandes e moderadamente pontiagudas; amplas, côncavas na base e dispostas como se à escuta. Os olhos são amendoados, grandes e expressivos não sendo nem redondos nem orientais. Uma linha escura, circundada por uma área de cor clara deverá acentuar os olhos. A cor dos olhos poderá ser verde ou dourada.

O corpo é meio-longo, flexível, gracioso de musculatura bem desenvolvida mas não rude. É de configuração média não devendo ser nem arredondado nem demasiado delgado. Sobretudo, um gato Abissínio é um gato equilibrado. O Abissínio tem uma boa estrutura óssea suportando bem o seu peso dando a aparência de andar em bicos-dos-pés. A cauda é razoavelmente longa, sólida na base, estreitando para a ponta. A pelagem é suave, sedosa, de textura fina, mas densa e elástica ao toque. O pelo é médio no comprimento mas suficientemente longo para incluir 2 ou 3 bandas escuras matizadas (ticking).

A cor no Abissínio é importante e deve ser quente e brilhante. O matizado, exclusivo e uniforme, apresenta bandas coloridas escuras contrastando com bandas de cores mais claras ao longo de cada pelo.
A pelagem é mais clara junto à pele. Nas exposições é dada preferência aos gatos livre de marcas tigradas no peito e pernas. As marcas tigradas deverão apenas aparecer na cara e cauda. As marcas faciais são ser escuras e distintas.



Descrição das Cores do Abissínio Padrão:


  • RUDDY (em inglês), ou “Lievre” (em francês) [pardo/lebre]: Pelagem castanho-lebre, matizada com várias sombras de castanho escuro ou preto; a ponta superior do pelo é a mais escura, sendo a interior laranja-acastanhada. Cauda pontilhada a preto. A zona inferior do corpo e entre as pernas é mais descolorada, harmonizando com a cor principal. A pele do nariz é vermelho tijolo. As almofadas das patas são pretas ou castanhas, tendo preto entre os dedos que, se estende ligeiramente além das patas.


  • SORREL (em inglês), ou “Sorel” (em francês) [canela/vermelho]: Pelagem rica, vermelho brilhante e quente, matizada com castanho-chocolate. A ponta superior do pelo é a mais escura, sendo vermelha na inferior. Cauda pontilhada de castanho-chocolate. A zona inferior do corpo e entre as pernas é mais descolorada, harmonizando com a cor principal. A pele do nariz é cor-de-rosa. As almofadas das patas são cor-de-rosa, tendo castanho-chocolate entre os dedos que, se estende ligeiramente além das patas.


  • BLUE (em inglês), ou “Bleu” (em francês) [azul]: Pelagem bege, matizada com vários sombreados de cinza-azulado, sendo a ponta superior do pelo a mais escura, e a inferior bege-avermelhado. Cauda pontilhada de cinza-azulado. A zona inferior do corpo e entre as pernas é mais descolorada, harmonizando com a cor principal. A pele do nariz é rosa-velho. As almofadas das patas são malva-rosa, tendo cinza azulado entre os dedos que, se estende ligeiramente além das patas.


  • FAWN (em inglês), ou “Faon” (em francês) [cor-de-corça]: Pelagem quente bege-rosada, matizada de castanho claro. A zona inferior do corpo e entre as pernas é mais descolorada, harmonizando com a cor principal. A pele do nariz é salmão. As almofadas das patas são cor-de-rosa, tendo castanho claro entre os dedos que, se estende ligeiramente além das patas.



  • Características e temperamento:


    O Abissínio é um gato activo e inteligente que delira com pessoas. Apesar de serem bastante bonitos, eles não se satisfazem deitados por perto, para serem admirados. Os Abissínios nem sempre são considerados gatos de colo, mas deliram estar onde você estiver. Eles interagem com os seus donos e frequentemente apreciam a companhia de outro gato.

    Os Abissínios são gatos que apreciam estar em lugares altos, tal como em cima do frigorífico ou duma prateleira. Eles parecem mais inclinados a usar as suas patas como os humanos usam as suas mãos. Os Abissínios não são considerados como sendo gatos particularmente miadores podendo comunicar os seus sentimentos e desejos de muitas formas.

    Diz-se frequentemente que os Abissínios têm uma paixão pela água. Eles parecem gostar de brincar com uma torneira gotejante, assim como de beber por ela. “Leal” é uma palavra habitualmente usada para descrever o Abissínio, eles são um excelente companheiro.



    Saúde e Bem-Estar:


    Os Abissínios são gatos activos e saudáveis. Habitualmente vivem bem até aos 18 e alguns, até aos 20 anos. O Abissínio é um gato que normalmente mantém um bom nível de actividade mesmo para além da sua infância. Como com qualquer gato, deverão ser deixados dentro de casa e livres de quaisquer doenças. Vistorias regulares ao veterinário são importantes para qualquer gato durante suas vidas. Deverá consultar o seu criador para o programa de vacinas usado com os seus gatos e discutir o programa com o veterinário.

    Os Abissínios, tal como outros gatos, poderão desenvolver gengivite. Felizmente, a gengivite pode ser evitada se os donos estiverem atentos. Os sintomas incluem vermelhidão ao longo da linha de junção da gengiva com os dentes e, mau hálito. Uma dieta saudável é importante como prevenção e tratamento da gengivite. Deverá igualmente habituar o seu gato a uma rotina de lavagem dos dentes e/ou gengivas desde os primeiros anos.. Há muitas espécies de escovas e pastas dentífricas disponíveis. Uma vistoria dental anual por um veterinário credenciado é uma boa ideia.

    Uma desordem renal denominada Amilidose Renal, considerada por alguns como sendo genética, tem sido verificada em Abissínios. Tal surge também em outras raças de gatos, assim como em gatos sem raça específica. Infelizmente tem sido classificada por alguns veterinários como uma doença de Abissínios. Uma vez que não é exclusiva dos Abissínios, este tipo de classificação é um mau serviço para a raça, prejudicando a recolha de fundos para a pesquisa em torno dessa doença. Tal como em qualquer possível problema hereditário, os criadores responsáveis fazem o máximo para evitar a perpetuação deste problema. É importante discutir todas as matérias possíveis de saúde com um criador quando se adquire um gato.



    Será um Abissínio o gato ideal para mim?


    Um Abissínio ou dois, pode acrescentar bastante alegria à sua vida. Se está a pensar em adquirir um Abissínio, deverá contactar um criador na sua área. É possível obter uma lista de criadores de Abissínios através do Clube Português de Felinicultura, ou visitar uma exposição felina.

    Os Abissínios são especialmente indicados para alguém à procura de um gato activo e afectuoso. Eles continuarão a distrai-lo com as suas travessuras durante anos. Eles evidenciam viver harmoniosamente com crianças e outros animais de estimação. Os Abissínios não são indicados para alguém que procura um animal de estimação com um baixo nível de actividade. Nunca se sentirá só com um em sua casa!







    Bibliografia:
    http://www.cfainc.org/breeds/profiles/abyssinian.html (retirei parte da “história do Abissínio)
    http://ourworld.compuserve.com/homepages/Harry_Blok/tac1.htm (retirei parte da “história do Abissínio”)
    http://www.tdl.com/~pattic/abyfaq/ (retirei parte da “história do Abissínio” e traduzi todos os restantes capítulos [Patti Casssalia])

    Nota “do tradutor”:

    Uma vez que o meu trabalho foi a tradução integral ou parcial dos textos acima indicados, não inclui nenhuma opinião pessoal.

    Em todo o caso acerca do temperamento penso dever destacar que esta raça é extremamente curiosa por natureza (veja-se a foto da Tétis em pé que incluí neste texto) estando sempre a por o “nariz onde não são chamados”. Além disso tenho notado em todos os Abissínios que conheci até hoje que, nunca agridem um humano, quer ele seja o seu dono ou não (preferindo fugir a fazê-lo). Muitos gatos ao serem acariciados, ou quando se lhes corta as unhas gostam de dar a sua dentada, o que é insólito de acontecer com um Abissínio.

    - Caneco (Antonio B.) [ Europe/Lisbon ] 2003/09/21 21:46

    Versão para Impressão Enviar a um amigo

    » marizamaravilha ( Mariza Maravilha ) » [ Europe/Lisbon ] 2009/01/24 02:24
    Realmente é maravilhoso o mundo felino doméstico, e ganhei um casal no ano de 2007, Lion e Pantera Cinza , eles são abissínio eles arecem até tigrados ela parece um Bengal, mas eles realmente é tudo que está no texto meus companheiros amei tanto que quis adotar mais um casal não de abissínio, mas eles são de outras espécies no qual a Pantera Cinza adotaram e o Lion também adotou eles como fossem filhos mesmo embora castrados ela dava de mamar e dava banho nos filhotes adotivos , eles são uma lição de vida para certas mães que abandonam seus filhos, ao ler o texto, fiquei tão emocionada, mas preservo todos eles dentro de casa, com muito amor carinho e dedicação.
    Um abraço.
    Mariza Maravilha

    » Nuno57 ( Nuno Onofre) » [ Europe/Lisbon ] 2007/10/12 19:21
    Gostei do artigo (aliás já tinha lido a primeira versão antes). Esta está mais clara e leve, para além de mais completa, qb.
    Eu tive a sorte de, a troco de um contributo financeiro simbólico, obter uma minúscula gata abissínia na União Zoófila há uns 3 anos. É de pelagem “lièvre” e, ao contrário dos animais “cotados”, com LOP, possui várias marcas “tabby”, assim a modos que lhe dá um ar tigrado, do tipo abissínio selvagem.
    O seu comportamento é igualzinho ao descrito no artigo, brincalhona (adora implicar com a gata mais velha (de raça dita europeu-comum), ágil (anda pelo fios do estendal interior da marquise como um artista de circo, trepa por redes e portas como um macaco), inteligente e que adora água (no primeiro dia em chegou a minha casa, mergulhou para dentro da banheira onde a minha filha tomava banho de imersão e adora brincar com a água que escoa das torneiras).
    É um espectáculo de gata.
    Só gostaria de arranjar um macho da mesma cor (“lièvre” ou “ruddy”), com marcas “tabby” para criar (até poderia “sorrel”, como pelagem base). Os “puristas” que me desculpem a ousadia.

    Um abraço

    Nuno

    » jagodes ( Bruno Rocha) » [ Europe/Lisbon ] 2005/02/20 18:26
    Eu gostava de encontrar um abissínio bebe, onde poderei encontrar, ajudem-me. Já li muita coisa sobre esta raça e devem ser fabulosos.
    Obrigado a todos

    » JaneTaborda ( Maria) » [ Europe/Lisbon ] 2005/02/14 06:18
    Já que tenho cá em casa 3 Abissínios soube-me muito bem ler este artigo. Obrigada.

    » SHAKTI ( SHAKTI) » [ Europe/Lisbon ] 2003/11/09 14:39
    Parabéns Caneco! Gostei muito de reler a história sobre o Abissínio. Adorei as fotos principalmente da Tétis que está espectacular.

    » elsapereira ( Elsa Pereira) » [ Europe/Lisbon ] 2003/09/27 00:15
    Gostei muito do artigo e achei a 1ª gatinha da foto muitíssimo parecida com a tua Scarlet.

    » Caneco ( Antonio B.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/09/22 12:32
    Na ninhada de 4 gatos que se pode ver em cima, 2 são Ruddy ou pardo/lebre (os mais escuros) e 2 são Sorrel ou canela/vermelho (os mais claros). Foi uma ninhada de 2002, de um criador das Astúrias.

    » Caneco ( Antonio B.) » [ Europe/Lisbon ] 2003/09/22 10:51
    Obrigado smile.gif O artigo que traduzi não referia que as ninhadas dos Abissínios são de apenas 3 ou 4 gatos, pelo que é inferior à média de ninhadas de outros gatos de pelo curto.

    » catw ( Carla Mar) » [ Europe/Lisbon ] 2003/09/21 22:22
    Uau António! Está excelente!!!Parabéns!
    TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus