Anúncios | Artigos | Galeria |  Fórum   | Eventos | Utilizadores | Top | Raças | Diários | Quem?

Utilizador:
Password:
Memorizar-me


== ARTIGOS ==
Site Felinus
Lazer
Entrevistas
Clipping
BD
Newsletters
Encontros
Ajuda
Notícias
Sobre o Site
Informação
Raças
Conselhos
Legislação
Notícias
Campanhas
Crónicas
Histórias Felizes
Ficção
Humor
Opinião
Livros
Revistas
Filmes
Lojas
Veterinários
Alimentação




Artigos  » Informação » Conselhos

Passo a passo para viajar com um gato para o Reino Unido

Há mais de 6 meses atrás uma proposta de emprego mudou as nossas vidas. O meu marido foi contratado para trabalhar na Escócia. Com isso iríamos nós os 4: nós dois e nossas duas gatas. Isso era definitivo.

Fomos atrás de informações com relação à viagem, mas em site algum consegui uma resposta completa do que exactamente precisávamos para fazer a viagem.

Com essa falta de informação resolvi escrever um artigo que explicasse exactamente o que tivemos que fazer e espero que com isso ajude mais pessoas a não apanharem os sustos que apanhámo por falta de informação ou mesmo falta de conhecimento das autoridades.

Vou colocar aqui o que é necessário para fazer com um gato que foi o nosso caso, acho que com os cães deve ser quase a mesma coisa...


Autor: Isis Calio
Passaporte Animal
  • Fazer o Passaporte Animal autorizado pela União Europeia:
  • Animal com vacinas em dia;
  • Ter o microchip;

    A vacina contra a raiva deverá ser dada após a colocação do microchip de modo a garantir a identidade do animal. Mesmo que o animal já tenha sido vacinado antes, no caso de não ter ainda recebido o microchip este terá de ser colocado e o animal terá de ser novamente vacinado.


  • Fazer o exame de reagentes da vacina da raiva num laboratório certificado (pelo que soube são uns 11 laboratórios autorizados até ao momento);

    Depois de 20 a 30 dias o resultado sai;

  • Um veterinário autorizado para certificar no passaporte que os exames estão de acordo com as normas de saúde do Reino Unido;

  • Fazer uma quarentena de 6 meses;

  • Ter tudo isto especificado no passaporte animal da União Europeia;

    Depois disso pode se pensar em viajar...

    Embarcar apenas como carga, nunca poderão ir na cabine.

    No caso do Reino Unido tem apenas UMA transportadora de carga autorizada, que apesar de tudo o dono da empresa em questão deve já ter alguma experiência pois foi sempre muito solícito e nos ajudou muito.

    Quando a passagem estiver confirmada, falta os últimos passos:


  • Desparasitação interna (obrigatoriamente tem que ter o composto Prazinquantel);
  • Desparasitação externa;

    Ambas com até 48 horas antes (tudo marcado no passaporte com dia e hora);

  • E uma certificação do veterinário quanto à saúde do animal para viajar;

    Tudo isto, certificado pelo veterinário no passaporte animal; ::

    Apenas a British Airways World Cargo faz os transportes para o Reino Unido;

    Claro que os trâmites de papeladas da viagem é tudo tratado com a transportadora, que pede pelo menos 2 semanas de antecedência para o embarque.

    Soubemos há pouco tempo que nas viagens internas pelo Reino Unido também é necessário uma transportadora para fazer os trâmites, por esses motivos, fizemos a nossa viagem de regresso à nova casa por carro...



    Resultado:

    Uma viagem de mais de 12 horas pelo Reino Unido com as nossas meninas, como se já não bastasse as horas de viagem de avião, teriam que suportar uma viagem imensa de carro.

    Normalmente a viagem seria de 8 / 9 horas, mas por causa das pausas demorou mais.

    Após me desesperar e pedir ajuda aqui no fórum, obtive uma dica que nos ajudou imenso:

    A Maria João Martins (aka MJGM) nos disse que tinha viajado com os seus gatos com um pano escuro por cima das transportadores e fazendo pausas para os bichanos beberem agua e irem à casa de banho.

    (ver o link do Fórum)

    O que fizemos foi muito parecido, apenas não deixámos elas andarem livremente no carro porque as transportadoras da viagem eram muito grandes e tinham um bebedor acoplado.

    Autor: Isis Calio
    Puma e vizinho (primeiro encontro)
    Com isso apenas tirei elas com a trela para o colo algumas vezes para relaxarem e depois de um tempo a Puma quis ir para a transportadora da Faruka e lá ficaram até o final da viagem, elas ficaram muito mais calmas juntas, pena só repararmos nisto quase no final da viagem, nas últimas 4 horas...

    Elas não fizeram nenhuma necessidade no caminho, apesar das transportadoras terem um cobertor e jornal por baixo, deixaram para fazer em casa.

    Ainda estão a adaptar-se à casa (que é uma vivenda) e aos cheiros, mas tudo está indo bem!

    Enfim hoje, depois de mais de 6 meses de sofrimento e muita confusão... Estamos os 4 juntos novamente.

    Para mais informações:
    PETS





  • - Rowan (Ísis Calió) [ Europe/Lisbon ] 2007/07/30 17:50

    Versão para Impressão Enviar a um amigo

    » Rowan ( Ísis Calió) » [ Europe/Lisbon ] 2008/04/10 17:32
    Com a nossa nova mudança de localização, tivemos todos que nos mudarmos novamente, agora fomos para a Noruega!

    Não houve problema algum para irmos para lá pois tinhamos as vacinas em dia, temos ter q ter o chip, vacina da raiva e as outras em dia, alem de um detalhe da desparasitação interna que é necessaria ser feita antes de ir para lá e até 7 dias para desparasitar novamente, não entendemos mto bem o porque mas foi assim, ah e se elas fossem do Reino Unido mesmo não era necessária a vacina...

    Mas sinceramente elas ficaram mto stressadas pois assim que chegaram ao terminal de carga logo ouviram os sons "familiares" e o desespero foi mto maior...

    Qto a viagem de avião, foram como carga, como na viagem para a Inglaterra foi necessária uma transportadora para o feito, depois disso pegamos um carro e fizemos (valentes) 6 horas de carro até o nosso novo destino!

    Tomaram um tranquilizante natural e colocamos o pano na viagem de carro, q mostrou-se importantissimo!

    Ficaram quietas a viagem pois logo colocamos juntas, mas quando chegamos a nova residencia foi dificil adaptação na primeira noite...

    E a adaptaçao ao novo sítio está sendo lenta por temos menos espaço nestes primeiros meses...

    Enfim, pelo menos desta vez elas n ficaram para trás! smile.gif
    E todos estamos juntos!

    » Inner_Silence ( Leonor Calaça) » [ Europe/Lisbon ] 2007/09/18 16:24
    Mulher, isso éque foi uma odisseia... Mas ainda bem que ja passou tudo. O Reino Unido complica demasiado a entrada de animais no seu país. Sinceramente, acho parvo que eles exijam a vacina da raiva a nós, que já erradicámos a doença por cá...
    O que interessa é que esteja tudo bem convosco agora smile.gif

    Bjinhos!

    » patrícia carla ( Patrícia Carla Batista Silva) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/14 12:18
    Eu sabia que viajar para o Reino Unido com animais não é "pêra doce", mas nunca imaginei que desse tanto trabalho!!! Ainda bem que já passou e agora estão todos juntos e felizes! Só espero que não venham de férias a Portugal mts vezes e tragam as gatinhas, pq senão...volta tudo ao mesmo.wacko.gif

    » patrícia carla ( Patrícia Carla Batista Silva) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/14 12:16
    Eu sabia que viajar para o Reino Unido com animais não é "pêra doce", mas nunca imaginei que desse tanto trabalho!!! Ainda bem que já passou e agora estão todos juntos e felizes! Só espero que não venham de férias a Portugal mts vezes e tragam as gatinhas, pq senão...volta tudo ao mesmo.wacko.gif

    » MJGM ( Maria João Martins) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/13 15:55
    Ou seja... se pensamos viajar com nossos animais para o UK, temos que iniciar preparativos quase um ano antes!!!
    Que aventura! Parabéns pela coragem e persistência!

    » Rowan ( Ísis Calió) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/13 11:52
    Tens a opcao de fazer ou no Reino Unido ou no país onde estas... no nosso caso foi feito em Portugal mesmo... smile.gif

    » chitamota ( Tânia Mota) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/13 01:36
    Parabéns pelo artigo smile.gif
    A quarentena de 6 meses é feita onde?

    » aslpetrini@sapo.pt ( Maria de Lourdes Petrini) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/02 21:09
    Isis, desculpe, mas parece-me que a mensagem anterior não ficou registada.
    Eu dizia que tinha recebido o seu mail, mas não consigo responder directamente pois não conheço o seu endereço.
    De facto aquele endereço é o meu e pode enviar mensagens sempre que quizer, pois terei muito gosto em recebe-las e dialogar consigo.
    Tudo de bom para si e um beijinho (e festinhas às garotas...)
    Lourdes

    » Becas ( Fernanda Ferreira) » [ Europe/Lisbon ] 2007/08/02 00:02
    Pumo..foi culpa minha, como tive que inserir a imagem para ficar mais pequena outra vez, fiz asneira na leganda.
    Já está corrigido.

    » Ana Ramos ( Ana Ramos) » [ Europe/Lisbon ] 2007/07/31 15:18
    Isis podes mandar-me o teu contacto por PM pois uma amiga vai para a Escócia com bastantes animais

    Ela tem tudo feito mas se puder falar com alguem melhor.

    São 5 por pessoa gina para entrar na GB. TEns a João já com tudo pronto..

    » catlover ( Gina Pegado) » [ Europe/Lisbon ] 2007/07/31 15:16
    Já agora, Isis, sabes dizer qual o número de animais permitido por lei que podemos levar?

    » Rowan ( Ísis Calió) » [ Europe/Lisbon ] 2007/07/31 14:46
    É Puma, o nome saiu errado na foto! smile.gif

    Obrigada pelas palavras! smile.gif

    » bixana ( Alexandra Soares) » [ Europe/Lisbon ] 2007/07/31 12:17
    Uau, que odisseia!! Mas acho uma óptima ideia este artigo, ainda pode ser muito útil. Tiveste uma óptima ideia.
    Felicidades aí na Escócia, belo país! smile.gif

    » aslpetrini@sapo.pt ( Maria de Lourdes Petrini) » [ Europe/Lisbon ] 2007/07/30 21:13
    Hei Rowan, isso foi uma aventura e tanto, mas valeu a pena para ter as suas meninas consigo.
    É, nesses países são muito rigorosos com a entrada de animais (e temos que compreender que assim é que deve ser. Protegem-se todos. Os humanos os animais que lá vivem e obriga-se a proteger os que entram.
    Será muito pensar que lá não abandonam os animais como fazem por cá ???
    Aqui, somo sabe, por altura das férias é uma calamidade. Quando vier o Natal toca de comprar animaizinhos para oferta e nas férias seguintes volta tudo ao mesmo.
    Mas também lhe digo que ir viver para a Escócia é um previlégio.
    É um País com paisagens lindas, que dão uma sensação de liberdade e imensidão fantástica.
    E lendas também. Para quem gosta de lendas e histórias locais, é aproveitar.
    Desejo tudo de bom para vós e festinhas às bichanas.
    Lourdes

    TERMOS DE USO | Regras de Utilização | Felinus e Cia. - © 2001 - 2018 Equipa Felinus